A serie animada Saint Seiya The Lost Canvas, spin-off de “Cavaleiros do Zodíaco”, não tem uma posição oficial sobre a sua continuação , mas, propositalmente ou não, a série vagueia neste patamar de indecisão.

A franquia Saint Seiya chegou em seu ultimo trabalho, “Soul of Gold”, com a expressiva marca de 50 milhões de visualizações em streaming, e dentro desta gama de fãs apaixonados pela série pelo mundo, é unanime a declaração de que “The Lost Canvas”, é um dos melhores trabalhos do anime, que de tamanha qualidade já foi comparado a “Evangelion”. Mas mesmo com a maior lição do mercado  comercial bem presente neste caso, de oferta e procura, com a sua altíssima procura, que sempre existiu para “Lost Canvas”, inexplicavelmente continua esta indecisão de venda, desistência ou hiatos.

Foi criada uma nova petição na Change.org, a unica no momento com integração global, para uma volta de “Lost Canvas”, que caminha sem muitos recursos, mas com muitos elogios.

Numa tentativa de aliviar a grande pressão da TMS (produtora de Lost Canvas), que já foi assumida em entrevistas, mesmo depois de quase uma década do seu possível cancelamento, o staff do anime, junto do seu diretor geral, declararam em entrevistas que para Lost Canvas voltar precisaria muito do aval da Bandai, que, para nós, tem participação importante, mas não decisiva.

st seya

A tentativa de aliviar a pressão é evidente, mas que também não é somente feita pelos fãs, mas também pelos acionistas da TMS (que é uma holding da SEGA) que viram sua empresa despencar junto da forte recessão econômica que o Japão ainda vive, com a injeção de dinheiro e reação da empresa perante ao mercado, os produtores de “Lost Canvas”, de ultima hora aceitaram o convite para entrevista na França para declarar o papel da Bandai para a continuação, a reação financeira da produtora continua, com a volta do famoso anime D.gray-man e a estreia do anime de Rugby, All Out.

Existe uma série de fatores para “Saint Seiya The Lost Canvas” estar neste universo paralelo. Sabemos que o autor-produtor-diretor da franquia, no começo teve uma relação de conjunto sedendo controle criativo pelos seus motivos comerciais que seriam interessantes para explorar em um spin-off, mas após lançamento, sucesso, tantas comparações ousadas que fãs do mundo todo fizeram com o arco principal, a história foi rebaixada para não-canonica e denominada como “ponto de vista alternativo”.

Se isto é impossivel ?

Sabemos que o Pai da Franquia, Masami Kurumada, que é uma lenda viva, não deixando de ressaltar, não faz a linha de comportamento de Mangaká tímido, como Masashi Kishimoto (criador de “Naruto”). Existem muitas evidencias que comprovam isso por acontecimentos passados como a briga por recurso com a Toei, para forçar o lançamento de 2 animes ao mesmo tempo. Resumindo: a grande qualidade de traços, cenas de ação, animê em geral em “Hades Chapter” foi por água abaixo após a fase santuário.

A petição foi criada após o entendimento do tamanho da franquia Saint Seiya, sempre foi grande, mas agora foi transformada em números com os 50 milhões em streaming. Se uma parte minima como 2% chegar em assinaturas, é bem possível sonhar com a volta de Tenma versus Alone.

Link da Petição