em

Lindas e controversas; conheça as ilustrações do artista polonês Graficzne Igor Morski

Pare um pouco. Respire.

De tudo que cerceia uma vida moderna, o quanto é realmente você? Somos criaturas do meio, ainda que muitos acreditem se isolar de tudo, participamos todos deste organismo único que conhecemos como Terra. E nosso planeta está doente, e não unicamente no equilíbrio ambiental, mas em praticamente todos aspectos ligados ao famoso ‘bem estar’.

Estudamos o capitalismo nas escolas enaltecendo o modelo sistema econômico que tirou a humanidade da trevas e possibilitou grandes conquistas globais e individuais. Que linda é nossa educação, moldada através dos séculos pelas minorias dominantes até que todos se tornem dóceis e carne moída. “Ah mas o mundo é difícil”, e cada um por si sempre foi a lei natural das coisas, não há do que reclamar!

Felizmente existe a arte, que como diria Lenine “nos alaga e nos alegra quando a mágoa a alma nos parte”. Felizmente existem pessoas como o artista polonês Graficzne Igor Morski, que se utiliza de talento para – mesmo que por um instante – nos fazer refletir sobre o papel que exercemos neste mundo.

Com obras que falam por sí, Igor abuso do surrealismo para levantar justamente a mensagem de quão surreal a vida humana se tornou perante ao desejo acumulo de desejos. Para mais informações e trabalhos do autor, visite igor.morski.pl.

Deixe uma resposta

Publicado por Salvador Camino

Salvador Camino

em jornada pelas artes

“Capitão América: Guerra Civil” mostra como é possível manter filmes de super-heróis realmente relevantes

“Vinyl” e a fragilidade aparente de seus titãs