Ambrosia Autores Publicações por Fernando Andrade

Fernando Andrade

Fernando Andrade
104 PUBLICAÇÕES 0 COMENTÁRIOS
Escritor e poeta, e jornalista, tem dois livros de poemas, Lacan por Câmeras Cinematográficas, e Poemometria lançados pela editora Oito e meio. Participa do coletivo de Arte, Caneta lente e pincel, com contos e poemas. também participa do Trema Literatura, coletivo de textos de ficção. tem entre seus escritores mais amados, Thomas Pynchon, Ìtalo Calvino, e no cinema ama demais Krzysztof Kieslowski.
Nara Vidal é mineira de Guarani. Formada em Letras pela UFRJ, concluiu um Mestrado em Artes pela London Met University. Publicou vários livros infantis. “A Loucura dos Outros” (Editora Reformatório) é seu segundo adulto. Nara foi premiada duas vezes com o Brazilian Press Awards e com o Maximiano Campos...
No seriado Jornada nas Estrelas havia um personagem que citava em algumas situações em que a demanda pela capacitação exigia, dizia: unidades biologias perfeitas, algo de gênero. A visão era que nosso organismo era um sistema biológico altamente funcional em permanente demanda internacional com o meio. E que no...
Tiago Feijó é autor do livro de contos “Insolitudes” (7letras, 2015). Tem textos publicados em diversas revistas e blogs de literatura. Nascido em Fortaleza, mudou-se para o interior de São Paulo ainda menino. Formou-se em Letras Clássicas pela Unesp Venceu o Prêmio Ideal Clube de Literatura 2014. Confira abaixo...
Não gente, os poemas de Marília Kubota em “Diário da Vertigem”, pela Editora Patuá, não partem de uma negação. Eles são muito brincalhões para isso! Partem, sim, de uma ideia enviesada, na transversal, com muita dialética entre conversas e versos e valsas, pois seu nítido estilo de escrever está...
Dizia minha avó que relógio em tempo de fazenda desaprende a tic taquear. Porque o pendulo na fazenda é um belo exercício moral e estético. O tempo na cidade urge-urbe. Todos maquitolados em despesas e presas. São escravos da numeração digital, pois o pendulo, estes só se encontram nos...
Letícia Palmeira nasceu em São Paulo, mas se considera paraibana desde suas raízes. Graduada em Letras pela Universidade Federal da Paraíba, faz de seu ofício de autora uma forma de estar sempre ao lado da literatura. Publicou contos e crônicas em Artesã de Ilusórios (EDUFPB, 2009), Sinfônica Adulterada (Multifoco,...
Dizem os oradores que falar e orar guardam-se semelhanças. Enquanto um é um código linguístico externado ao outro, o orar é uma fala com muitas ponderações ao internalizado. Aos moradores de uma cidade há uma variedade de falas e situações de como a linguagem ou estratifica ou ramifica modalidades...
Como se a coisa palavra mais insujeita se transformasse em ideia. E a ideia; uma substância mais inconcreta se sujeitasse ao algum discurso, mas, este não atrela fundo e talvez queira aludir ao mundo, mas de forma etcétera. Aonde está o conteúdo? das pessoas falando e governando tudo? Que...
André Timm é gaúcho, de Porto Alegre, radicado em Santa Catarina. "Insônia" (Design Editora, 2011), seu livro de estreia, foi Menção Honrosa no Prêmio SESC de Literatura. "Modos inacabados de morrer", seu primeiro romance, foi o vencedor da Maratona Literária da editora Oito e Meio na categoria prosa. Mantém...
A arte seria? Uma membrana que isola os dois meios mais excludentes do mundo. O Dentro e o fora. Se eu busco a matéria para utilizá-la como suporte para chegar ao objeto da arte, como? esta materialidade pode servir da amparo para o invisível da arte que claro vem...
E não há tema que não possa ser metrificado pelos  sustenidos dos versos. Talvez um livro tenha ido embora. Mas livro não vai embora! Diz o crítico literário. Fica à mercê da leitura dos olhos de quem têm mãos. É a mesma intenção do cantor fazendo rima com o filho que...
O prazer da retórica cabe num ponto onde a cerimônia talvez seja mais importante ao que se tem a dizer. Muita gente ouvindo, um único sujeito, se o discurso do cara fosse lá travesso, cheio de boas imagens, isso não ia dar muito certo. Mas, ao avesso desta prática,...
Eduardo Rosal nasceu no Rio de Janeiro. É escritor, ensaísta e doutorando em teoria literária pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Atualmente vive em Nice, na França, onde está desenvolvendo parte da pesquisa de sua tese de doutorado, na Université Nice Sophia Antipolis. Em 2016, venceu o...
Ao poeta parece uma condição estar deslocado ao ponto onde se encontra, nunca estar de frente ao que se vê, mas sim enviesado, meio perpendicular, não muito particular, como se a sua visão fosse (três)passadas. Olhar guloso e anguloso, que devora com sua percepção aguda dos condutos das coisas. A...
Vou começar esta resenha por duas palavras cuja morfologia estética é quase igual, retirando suas disparidades pelos prefixos. Oclusão e inclusão; talvez num jogo de semelhanças possa apanhar mais algumas palavras próximas sonoramente, visão, conclusão. Talvez até indo mais longe, possa dizer que o plural de é verbo existir deva...
X