em

Anthony Hopkins conversando para ser Odin

Ao que parece, o premiado ator Anthony Hopkins estaria conversando com a produção do filme Thor, baseado no herói asgardiano da Marvel, para interpretar o papel de seu pai: o deus Odin. Quem informa a possibilidade é o Hollywood Reporter, site sempre bem informado no que diz respeito à cinema.

thor-anthony-hopkins-as-odin

Por enquanto, tudo não passa de negociações, mas saber que elas existem já dá mais credibilidade à produção. Na trama, o errante e arrogante deus Odin entra numa batalha de forças antigas, e seu filho Thor acaba sendo mandado á Terra, onde aprende a se tornar uma verdadeiro heroi. É possível que haja participação de Samuel L. Jackson no filme como Nick Fury.

7 comentaram

Deixe sua opinião!
  1. Hopkins como Pai Odin?! Não creio! Em se confirmando, não terei dúvidas em afirmar que Thor detonará de vez ,o filme de um certo kriptoniano (ou mesmo de um certo homem morcego, hehehe).

  2. Cara o Hopkins é fenomenal. Concordo com o Guedes, o filme do Thor parece que vai ser espetacular. Estão a escolher um elenco de peso e o diretor é brilhante. A meu ver não parecerá um filme de herói, mas um daqueles épicos memoráveis.

  3. Baixa a bola aí, gente! Quantos filmes com elenco sensacional tornaram-se ridículos, até o Robert De Niro já fez porcaria, por exemplo, se vocês não viram fujam de um filme chamado O enviado, o Frankestein também é ruim demais. Depois de fazer aquele papel hiper super ultra comercial na Máscara do Zorro, entre outros caça-níqueis a que se sujeitou, Anthony Hopkins se tornou para mim mais um rosto na multidão, nada especial!

  4. Bem, eu gosto do Hopkins e creio que, se o hype é exagerado, não quer dizer que não podemos curtí-lo mesmo assim.

  5. Realmente a inveja mata sr. Guedes. Se Thor ainda fosse algo de respeito no universo dos quadrinhos…. mas fazer o q!!! Qr bater o super e o Batman?!?!?! Daqui a poko vai falar q o novo filme da Xuxa vai superar o Spawn!

  6. Acredite, o Thor é um personagem de respeito nos quadrinhos (a fase mais recente, a de Straczinsky, tem freqüentado os primeiros lugares de vendas dos últimos anos. E, já me adiantando sobre uma eventual resposta sobre “vendas não querem dizer nada”, a questão aqui é adaptação cinematográfica. E todo o leitor fã da Marvel que se preza, já leu a magnífica fase de Walt Simmonson). E não, não sinto inveja do filme do kriptoniano (Superman Returns), até porque foi um quase fiasco total. Os filmes recentes do Batman são bons, admito.

    Quanto à Xuxa superar o Spawn…hehehe, aí é empate técnico, hehehe

Deixe uma resposta

Publicado por Morcelli

Fã de quadrinhos, beberrão, interiorano, rockeiro e Morrisoniano. Não necessariamente nessa ordem.

Cinemateca Ambrosia: Branca de Neve e os sete anões

Mangá de Afro Samurai no Brasil pela Panini