em

Ronin de Frank Miller será filmado em 3D?

A DC Entertainment resolveu tirar todas as cartas da manga e jogar no mercado de uma só vez. O diretor Sylvain White, que está filmando The Losers em San Juan, deu algumas declarações interessantes sobre seu próximo projeto: Ronin de Frank Miller:

ronin

“Ainda está sendo desenvolvido. Eu acabei de receber um novo rascunho do roteiro essa semana passada. Está parecendo muito bom e promissor, eu espero que ele possa continuar… O filme é de um alto orçamento, no estilo blockbuster de ver a história. Eu adoraria fazê-lo em 3D. Eu acho que ele seria ridículo e fantástico.” disse o diretor ao Superhero Hype.

E continuou:

“Eu penso que daria um jogo de video game brilhante também. Algo na linha de Assassin’s Creed, mas em primeira pessoa. Eu acho que é uma grande propriedade e um grande conceito. Ele tem tantas idéia em si em termos de comentários e filosofia Frank Miller é um gênio quando se trata disso. Demorou tanto porque o material original é tão complexo. É muito difícil, e não é linear, e não se encaixa em qualquer formato de filme de cara. Não é uma adaptação direta como 300 ou Watchmen. Não é tão simples. Zack [Snyder] vai me matar [Risadas]. Mas eu penso que com “Ronin” nós precisamos seguir uma linha básica, senão se torna muito esotérico. Bem, precisa-se seguir uma linha mais popular, mas a história e os personagens, se fizermos o filme, estarão lá. Eu sou o cara que quer respeitar o autor e o material original como fã da graphic novel, que cresceu lendo ela, seja na Europa ou nos EUA. É algo que precisa ser feito corretamente, e ainda não foi feito totalmente certo.”

O roteirista Joby Harold foi quem escreveu o último tratamento do roteiro que ainda tem que receber a confirmação da Warner/DC. Ronin é assustadoramente complicado de se adaptar, afinal, é uma história que se passa em dois momentos temporais distintos, sendo necessário uma pós produção inspirada, pois tanto editores quanto os técnicos dos efeitos especiais vão ter um trabalho enorme para mostrar a história do Samurai sem mestre que reencarna em uma distopia futura, para poder matar o demônio que matou seu mestre no passado e hoje governa a cidade.

É uma mistura de ação feudal, com ficção científica cyberpunk. Ou seja, uma doideira que somente o próprio Miller poderia traduzir para um roteiro e storyboard (não deixem ele dirigir, por favor!!).

J.R. Dib

4 comentaram

Deixe sua opinião!
  1. Ronin merece o acetato, ao invés de 3D, de preferencia o belo acetato dos Studios Ghibi. E a direção deve ser do Kawajiri (Ninja Scroll). É eu sei…quase impossível reunir estas condições que julgo serem as ideais, mas…

Deixe uma resposta

Publicado por J.R. Dib

J.R. Dib

A cultura, o cinema, a arte, a justiça e a literatura unidas em prol de uma melhor sociedade. Advogar, viver e difundir cultura e aprender a cada dia mais, buscando novos desafios e descobrindo a beleza e a doçura de cada objetivo como Advogado, Editor e Colunista.

Primeira arte de Batman de Moench/Jones

Ducktales ganha especial no Brasil