em , ,

Diretor e estrelas de “A Glória e a Graça” falam sobre o filme para o Ambrosia

Lançado em 30 de março deste ano, “A Glória e a Graça” é um interessante filme que mistura muito bem drama e comédia ao contar a história de Graça (Sandra Corveloni), que descobre que vai morrer logo por causa de um aneurisma e resolve reencontrar o irmão Luiz Carlos, com quem não fala há anos. Só que, para a sua surpresa, Luiz Carlos virou Glória (Carolina Ferraz), após uma série de procedimentos cirúrgicos e estéticos. À beira da morte, Graça decide pedir a Glória que cuide do casal de filhos e, no processo, as duas fazem o possível para se entender e acabam acertando as contas sobre questões que estavam no passado.

Carolina Ferraz, Sandra Corveloni, Sofia Marques e Vicente Demori em “A Glória e a Graça” (Foto: Gui Maia)

O Ambrosia pôde conversar com o diretor Flavio R. Tambellini (de “Bufo e Spalanzani” e “Malu de Bicicleta”) e as atrizes Carolina Ferraz e Sandra Corveloni sobre o filme, além de assuntos como as questões dos transexuais, a composição dos personagens e até sobre premiações internacionais, já que Corveloni foi premiada em 2008 no Festival de Cannes por seu trabalho em “Linha de Passe”, de Walter Salles e Daniella Thomas.

Confira abaixo a entrevista em vídeo:

Deixe uma resposta

Publicado por Célio Silva

Célio Silva

Sou um cara que, desde que viu Flash Gordon na telona, com 7 anos de idade, sempre foi apaixonado por cinema. Também curto muito TV, música e livros. Mas é na sétima arte que sinto o maior prazer.

Zaz reforça os laços com o Brasil em belo show no Rio

Livro “Palavras são para comer” (d)estila a linguagem num bom co(r)po a co(r)po com a diversidade