em

Microsoft leva mais uma surra da Sony

Quem lembra da famigerada briga entre o HD DVD e o Blu-ray tempos atrás? Por trás do HD DVD estava a Microsoft, mas após uma falha de segurança contra pirataria o mercado acabou escolhendo o Blu-ray da Sony e as empresas envolvidas no HD DVD acabaram perdendo bilhões.

Todos acreditávamos que a briga Sony vs Microsoft tinha parado por aí, mas no começo do ano passado Joachim Kempin, vice-presidente de vendas do Windows, revelou em entrevista ao IGN que o principal motivo da Microsoft ter entrado no mercado de consoles foi a recusa da Sony em se tornar parceira, ainda na saudosa época do Playstation original. Aparentemente o próprio Bill Gates estava preocupado com o poder que a Sony estava conquistando e resolveu que iria “acabar com a gigante japonesa”.

Ainda que o Xbox tenha conquistado um bom público consumidor, efetivamente o Playstation continuou reinando em sua segunda e terceira versões, mas a briga havia ficado mais acirrada na última geração com todos problemas iniciais e preço mais alto do Playstation III. Porém o console aos poucos foi baixando de preço, conforme o Blu-ray se popularizava também no mercado de vídeo doméstico, e hoje é seguro garantir que novamente domina o mercado frente ao Xbox 360.

Agora Microsoft e Sony entraram novamente no ringue para apresentar sua nova geração de video games na convenção E3. Numa jogada de mestre, a Sony aprendeu com seus erros passados e após deixar a Microsoft apresentar com toda pompa o Xbox One, revelou logo em seguida seu Playstation IV numa resposta que nocauteou a Microsoft antes mesmo do lançamento da geração.

Xbox-One-Microsoft

 

playstation-4

Em resumo o Xbox One vai custar U$499 enquanto o Playstation IV sairá por U$ 399, uma vantagem absurda para o começo de carreira desta geração. Também com o Xbox One a Microsoft busca inaugurar um sistema de controle rigido obrigado os players a ficarem praticamente conectados o tempo todo na rede Live, além de não permitir que pessoas rodem jogos usados ou emprestados de amigos. Já a Sony revelou que o novo Playstation não possui nenhuma destas restrições, notícia que caiu como uma bomba sobre a Microsoft e gerou aplausos nunca antes vistos na E3.

Agora é esperar para ver se a Microsoft volta atrás ou tira algum coelho da cartola para fazer as pessoas se interessarem pelo natimorto Xbox One.

OBS: Ah sim, o Xbox One utiliza Blu-ray :P

Deixe uma resposta

Publicado por Salvador Camino

Salvador Camino

em jornada pelas artes

O Insípido Gatsby de Baz Luhrmann

“Se Beber Não Case 3” não tira humor de seu oportunismo