Álbum “Você na Nuvem” é uma excelente trabalho de poética com muita musicalidade híbrida

Definir o finito é o mesmo que definir o definitivo? Um acaba com sua duração. Outro tem um teor de classificação. Embora o definitivo encerre tudo que esteja fora do não concluso, do em andamento, as infinitas possibilidades sonoras de um álbum que foge de classificações definitivas, a cada audição tem camadas a se descobrir pela riqueza melódica que a artista e cantora cria nas suas canções.

O álbum “Você na Nuvem”, da cantora, Cláudia Castelo Branco, lançado pelo selo Circus, é experimento para com calma ir descobrindo a cada nova escuta, que segue uma à outra, pois cada faixa existe um universo rico de melodia e arranjo muito bem trabalhado pela banda, que desenvolve cada célula rítmica, com uma pluralidade de tons e instrumentos que se encaixam de forma extremamente harmônica.

Cada canção estabelece uma linha estilar de se impor ao resto do repertório, ‘Fogo Fato’ é um rock com uma pegada dissonante, que te pega já na primeira ouvida. ‘Talho a talho’ uma deliciosa canção cheia de swing sincopada com fraseados de guitarras sacudidas. A banda não deixa os arranjos mornos, a composição está sempre em ponto de bala, dando ao ouvinte um frenesi auditivo.

Toda a poética feita pelo parceiro de Cláudia, Marcos Campello, estabelece com a palavra um arco sonoro e espacial com a poesia visual, criando um efeito estético e sinestésico contribuindo na interpretação da cantora, na declamação do poema – canto. Pela economia sintética da expressão poética de Marcos, não existem desperdícios de signos tanto semânticos quanto musicais.

REVISÃO GERAL
Ótimo
Compartilhar
Fernando Andrade
Escritor e poeta, e jornalista, tem dois livros de poemas, Lacan por Câmeras Cinematográficas, e Poemometria lançados pela editora Oito e meio. Participa do coletivo de Arte, Caneta lente e pincel, com contos e poemas. também participa do Trema Literatura, coletivo de textos de ficção. tem entre seus escritores mais amados, Thomas Pynchon, Ìtalo Calvino, e no cinema ama demais Krzysztof Kieslowski.