Parecia piada de exagero quando diziam que a Disney iria comprar todos os estudios de Hollywood. Isso nunca vai acontecer, mas podemos ter algo próximo disso. Um dos maiores estúdios do planeta, a 20th Century Fox pode ser adquirida pela casa do Mickey. De acordo com fontes consultadas pela CNBC, apenas o setor midiático interessa à Disney. A compra não englobaria a divisão de esportes e a de notícias, tão amplamente criticada pelo posicionamento conservador.

Não há certeza de que o acordo será firmado, os porta-vozes de ambas as empresas evitam comentar assunto. Ambas são sócias no serviço de vídeos on-line Hulu, em parceria com a Comcast e a Time Warner. Contudo não podemos esquecer que um acordo desses certamente seria alvo de investigações regulatórias. Seria a combinação dos dois maiores estúdios de cinema do mundo e os maiores distribuidores de TV paga.

Se as negociações avançarem de fato, os X-Men e o Quarteto Fantástico poderão integrar o Universo Cinematográfico Marvel. Assim, poremos ter, além do Homem-Aranha (fruto do acordo com a Sony), Wolverine integrando os Vingadores. E uma nova chance para o Quarteto emplacar no cinema.

Antes de criar o MCU, a Marvel espalhou seu super-heróis por vários estúdios como Warner (Blade), Sony (Homem-Aranha), Universal (Hulk) e Fox. Essa venda dos direitos foi uma manobra para a Casa das Ideias sair de uma aguda crise financeira. Mesmo depois da compra da Marvel pela Disney, os acordos com esses estúdios ainda estavam vigentes, o que impossibilitava integrar os X-Men ao MCU.

Outra questão delicada é Star Wars. A Disney comprou a Lucasfilm, mas o Episódio IV ainda pertence à Fox, bem como os direitos de distribuição, esses em caráter perpétuo. As duas empresas até poderiam chegar a um acordo em 2020. No entanto, essa compra facilitaria bastante as coisas.

ATUALIZAÇÃO: Segundo o site Bloomberg, houve negociações de fato nos últimos meses, mas foram suspensas e não estão mais acontecendo.

Fonte: Omelete