O roteiro do próximo Indiana Jones, que trará de volta Harrison Ford no papel principal e Steven Spielberg na direção, já começa a se desenhar pelas mãos de David Koepp, responsável pelo script de “Indiana Jones e O Reino da  Caveira de Cristal”. E segundo o roteirista, George Lucas não está envolvido na criação da história.

Lucas é o criador do personagem, produtor executivo e argumentista dos quatro primeiros filmes da franquia. Com a venda da Lucasfilm para a Disney em 2012, anunciou sua aposentadoria, ficando afastado das decisões criativas dos novos filmes de “Star Wars” e do arqueólogo.

“Ele não está envolvido, até onde eu sei. Não tive contato nenhum com ele” disse Koepp em entrevista ao site Collider. Para muitos isso é uma boa notícia, já que Lucas, além deixado muitos fãs de “Star Wars” descontentes com a trilogia prequel (dirigida e escrita por ele), é o responsável pelo conceito sci-fi B do filme anterior, que tanto irritou os fãs de Indy.

O roteirista também falou da importância de escolher um MacGuffin adequado, de certa forma dando a entender que o tom do filme será o de redimir a série do criticado “Reino da Caveira de Cristal”. “Acho que o que o Indy procura e quando procura dita o que o filme será. Então a seleção do MacGuffin é tudo. Acho que, como O Reino da Caveira de Cristal era situado em 1957, havia um desejo consciente de dizer ‘os outros filmes eram muito como se fossem da Segunda Guerra, mas situados nos anos 30 e começo dos 40, então como esse é em 57, muitas das nossas influências serão de filmes de ficção científica’ […]. Tentamos ser muito cautelosos agora com a escolha do MacGuffin, para nos dar o máximo de liberdade para fazer o melhor tipo de filme de Indiana Jones que os fãs querem ver”.

indiana-jones

O tom de autocrítica continua quando ele respondeu, de forma bem humorada, à pergunta em relação à produção, citando elementos alvo da fúria dos fãs no quarto filme. “Tudo o que posso dizer é que existem muitos alienígenas e Indy morre no final (risos). Tem muito de se esconder em geladeiras de chumbo, alienígenas e então ele morre. Acho que ele vai superar tudo muito bem”.

Contudo, ainda não há sequer data para o início das filmagens, por conta da agenda de Spielberg. Lembrando que “Reino” foi lançado em 2008 porque levou muito tempo para conciliar as agendas de Spielberg, Lucas e Ford. Porém desta vez, com a idade avançada do ator (que já está com 74 anos), é bom andarem rápido ou, simplesmente, voltarem à ideia de rebootar a franquia com alguém mais jovem no papel do arqueólogo. A menos que queiram fazer um filme protagonizado pelo old Indy visto na série de TV “O Jovem Indiana Jones”.

old-indy

Portanto, olho no cronograma, Lucasfilm!

Fontes: Site Collider e Site Omelete

Leia também:

Conheça a teoria trágica (e absurda) que redimiria “O Reino da Caveira de Cristal”