Faleceu nesta sexta-feira (16 de junho), em Los Angeles, o cineasta John G. Avildsen. Ele se tornou célebre por dois marcos da cultura pop: Rocky, Um Lutador e Karatê Kid: A Hora da Verdade.

Avildsen nasceu em Oak Park, Illinois. Depois de começar como diretor assistente de filmes de Arthur Penn e Otto Preminger, obteve seu primeiro sucesso com o filme de baixo orçamento “Joe” (1970), que recebeu elogios da crítica para a atuação de Peter Boyle. O reconhecimento veio mesmo com “Sonhos do Passado” (1973), que rendeu um Oscar de Melhor Ator para Jack Lemon. No entanto, ele será sempre lembrado por Rocky e pela trilogia Karatê Kid. São jornadas de superação, adornadas por trilhas soberbas compostas por Bill Conti, e que marcaram uma geração. Avildsen a princípio dirigiria “Serpico” e “Os Embalos de Sábado à Noite”. Contudo, foi demitido de ambos os filmes devido a desentendimentos com os respectivos produtores. Seu último filme foi “Inferno” (1999), com Jean Claude Van Damme.

A carreira de Avildsen foi tema do documentário The King of Underdogs, dirigido por Derek Wayne Johnson. A notícia do falecimento do cineasta foi dada por Johnson. John G. Avildsen tinha 81 anos e sucumbiu a um câncer no pâncreas.