em

O rock perde Chris Cornell, a voz do Soundgarden e do Audioslave (ATUALIZADO)

O mundo da música sofreu hoje uma grande perda. O vocalista do Soundgarden e do Audioslave Chris Cornell faleceu na noite de ontem (17 de maio), aos 52 anos. A notícia foi dada nesta manhã pelo representante do artista, Brian Bumbery. Segundo ele, A morte foi “súbita e inesperada”, e nenhuma causa foi atribuída ainda. Bumbery acrescentou que a família de Cornell pediu privacidade. Ele disse que eles estarão “trabalhando de perto” com um médico examinador para determinar a causa da morte. A fatalidade ocorreu apenas horas depois de Cornell ter realizado um show no Fox Theater, com 20 músicas, todas do Soundgarden.

Nascido Christopher John Boyle em 20 de julho de 1964, esteve à frente da banda que, junto com Nirvana, Alice In Chains e Pearl Jam, formava a dianteira do grunge de Seattle, movimento de rock alternativo que tomou o mundo de assalto no início da década de 90. O álbum mais famoso foi “Superunknown”, de 1994, que trazia os sucessos (já clássicos, na verdade) ‘Black Hole Sun’ e ‘The Day I Tried To Live’ e vendeu 9 milhões de cópias no mundo inteiro.

Depois da separação do Soundgarden, Cornell criou com integrantes do Rage Against The Machine, em 2001, o super grupo Audioslave, que também alcançou êxito comercial com os álbuns “Audioslave” (2002), “Out of Exile” (2005) e “Revelations” (2006). O sucesso veio sobretudo dos dois primeiros, dos quais saíram hits como ‘Cochise’, ‘Like a Stone’ (do primeiro) e ‘Doesn’t Remind Me’ (do segundo).

Cornell também realizou trabalhos solo. Gravou ‘You Know My Name’ tema de “007: Cassino Royale”, de 2006, a estreia de Daniel Craig no papel do agente secreto. Ele também lançou quatro álbuns, o mais recente, “Higher Truth”, saiu em 2015. O Soundgarden se reuniu em 2010, gravou a musica tema de “Vingadores” ‘Live To Rise’ e lançou um ábum em 2012 chamado “King Animal”. No início deste ano, ele se uniu com Sting para executar uma série de shows beneficentes com músicas do Soundgarden e do The Police.

Atualização:

Confirmando as suspeitas da polícia, a acusa da morte de Chris Cornell foi suicídio. Ele teria se enforcado no quarto do hotel em que estava hospedado.

Michael Woody, do Departamento de Polícia de Detroit, revelou que os agentes foram chamados para o hotel MGM Grand em Detroit à meia-noite em resposta a uma chamada de emergência de um dos amigos de Chris. (FIM DA ATUALIZAÇÃO)

Nas redes sociais, artistas como Dave Navarro, a banda californiana Best Coast e Nile Rodgers lamentaram a perda. Chris Cornell deixa esposa (a segunda) e três filhos.

Deixe uma resposta

Publicado por Redação

Redação

Publicações fresquinhas saindo diretamente da redação da Ambrosia.

Microsoft teria desaprovado referência a seu produto em “Guardiões da Galáxia Vol. 2”

Bertrand publica novo romance da autora Parinoush Saniee