Sam Wilson está deixando o escudo do Capitão América e retornando a envergar as asas como Falcão. “Falcon # 1”, lança uma nova série que corre fora da história apresentada no Marvel Legacy #1.

O roteirista Rodney Barnes (The Boondocks e Everybody Hates Chris) e o artista Joshua Cassara (Secret Empire: Uprising) traçarão as aventuras solo de Sam em que o ex-Capitão América inicia essa nova missão com o novo Patriota de Secret Empire: Brave New World.

“No momento, Sam está em estado de transição”, disse Barnes ao ComicBook.com. “Ele se sente culpado por sua relação com Steve Rogers e se pergunta se ele não pegou pistas sobre o que estava realmente jogando o time Steve e o que mais ele perdeu? Então, ele está se afastando do centro das atenções e tomando uma abordagem mais básica para tornar o mundo um lugar melhor “.

“O Patriota ajuda Falcão a se conectar com a mentalidade dos millennials do mundo de hoje”, acrescentou Barnes. “Sam normalmente lida com seu próprio grupo (no caso os Jovens Vingadores) que vê o mundo como ele. Shaun é um otimista e isso ajuda a equilibrar a sensação de auto-questionamento por que o Sam está passando. Há algumas semelhanças no relacionamento de Sam com Rayshaun com o que ele teve com Joaquin Torres, mas Sam estava em um lugar diferente. Muito mais o autoritário típico. Aqui ele está adivinhando a si mesmo e Shaun não tem medo de apontar isso. ”

O escritor ganhador dos Prêmios Peabody e AFI também colocará Falcon contra uma ameaça e inimigo desconhecidos sob a forma do Blackheart místico. “Há uma mistura de sensibilidades de rua urbana com magia negra. Sam nunca esteve no lugar para que o levamos e ele vai precisar de mais do que músculo para superar os obstáculos em seu caminho “, Barnes provocou.

Fonte: CBR