Após a estreia da Liga da Justiça no cinema, uma das melhores edições que a editora Panini já publicou chegou nas minhas mãos. Os Maiores Super-Heróis do Mundo traz a série que Paul Dini e Alex Ross fizeram por volta de 1998 e que caprichosamente foram reunidas neste volume incrível, de capa dura, no formato gigante (23x31cm), com 400 páginas de arte.

Capa da nova edição que reúne o trabalho de Paul Dini e Alex Ross.

Os autores trabalharam juntos entre 1998 e 2003 para criar estes seis álbuns que marcaram a história da nona arte. Aqui no Ambrosia, já analisei duas obras que estão neste volume Superman: Paz na Terra e Mulher-Maravilha: O Espírito da Verdade, as demais Batman: Guerra ao Crime,  Shazam: O Poder da EsperançaLJA: Origens Secretas LJA: Liberdade e Justiça.

Contracapa.

As graphic novels do Batman e do Capitão Marvel ganharão um artigo a parte, vamos se ater nas edições que tratam da Liga da Justiça. É evidente que em todas, podemos se maravilhar com as ilustrações de Ross com os muitos super-heróis do universo da DC Comics. O roteirista, apesar de ser um escritor brilhante em todos os aspectos, neste ciclo teve um papel secundário, pois foi eclipsado pela arte extraordinária de Alex. E mais, podemos colocar que é uma obra a serviço do ilustrador, mas com um argumento que funcionou muito bem nas dedicadas ao Batman, Superman e Wonder Woman, onde explicava de forma breve suas origens e nos davam pinceladas do simbolismo que cada um representava no universo DC.

Na verdade, Dini faz histórias introdutórias na impressionante perspectiva de Alex Ross.  Sem dúvida, em LJA: Liberdade e Justiça temos um argumento mais elaborado, diferentemente dos citados, mostrando a importância da JLA no universo DC, seu funcionamento como equipe, e especialmente sua relação com as instituições governamentais e a sociedade. A história trata de como a Liga da Justiça resolve uma crise mundial provocada por uma estranha epidemia que surge na África que se espalha com enorme rapidez. E temos um protagonismo dado a personagens fora da Trindade DC, como o Caçador Marciano, Flash e Aquaman, sendo o próprio J’onn J’onz o narrador da historia, o que garante um olhar bem diferente ao momento.

Tratando de LJA: Origens Secretas, que apresenta de forma breve as origens de personagens secundários na LJA como The Atom, Plastic Man, Hawkman, Zatanna, Metamorfo, etc, como também os membros mais conhecidos Flash, Aquaman, Ajax, Green Lantern o Green Arrow. Uma forma de apresentá-los a novos leitores, introduzindo ao universo DC com a magnífica perspectiva que nos brinda Ross.

E como já tratei nas resenhas anteriores, Alex Ross utiliza técnicas fotorrealistas e modelos reais disfarçados dos personagens para servir de inspiração em suas ilustrações. E é primoroso o trabalho artístico, ainda mais tudo reunido em um só volume. Entrando em detalhes, em LJA: Origens Secretas, é espetacular a série de splash-pages, páginas duplas dedicadas a explicar as origens de diferentes personagens membros da LJA, com uma narrativa em primeira pessoa de cada personagem descrito. Em LJA: Liberdade e Justiça se os quadrinhos são construídos, aparte das linhas narrativas. Para conhecer mais do método de trabalho do artista, temos muitos extras que detalha a concepção gráfica dos personagens e da história.

Segue abaixo, algumas imagens do trabalho encontrado nesta incrível obra-prima dos quadrinhos e a página oficial do mestre Ross: https://www.alexrossart.com