em

Devir faz balanço do ano para o Mundo das Trevas

Como já mencionei antes, a nova linha da White Wolf, tem ganhado um tratamento consideravelmente melhor que seu antecessor. Nada mais de especulações infundadas de lançamentos, agora temos clareza e motivos sobre o por que algo atrasou ou por que a preferência por um livro. Essa mudança de atitude pode ser encontrada no blog da editora da linha, MC Zanini, futura mamãe e proprietária do Contatos Imediatos. Para encerrar o ano a tradutora fez um balanço com os acertos e os erros de 2008.

Para o Mundo das Trevas Storytelling, e especialmente para mim, o ano de 2008 começou em fevereiro. Depois de mais de um ano longe do universo das editoras de RPG, eu estava de volta à Devir e tinha muita coisa para fazer, a cinco meses apenas do Encontro Internacional de RPG. Pedreira na certa.

Começamos com a previsão de lançar sete produtos no decorrer do ano (hora do checklist):
Escudo do Narrador de Vampiro: o Réquiem
Os ritos do dragão
Lobisomem: os Destituídos
Escudo do Narrador de Lobisomem: os Destituídos
Lugares misteriosos
A cidade dos Amaldiçoados: Nova Orleans
Mago: o Despertar

Tivemos algumas vitórias no percurso, e a mais importante talvez tenha sido o fato de conseguirmos uma edição brasileira de Lobisomem à altura da edição norte-americana original, com aquela maravilhosa capa em seis cores e o miolo em duas. Sem dúvida alguma, o livro mais complicado que já produzi na vida.

Mas também vieram os percalços, e A cidade dos Amaldiçoados: Nova Orleans e Mago: o Despertar acabaram ficando para 2009.

Cinco em sete. Até que não foi ruim.

Em compensação, publicamos os roteiros introdutórios de Vampiro: o Réquiem e Lobisomem: os Destituídos em PDF, deixamos o roteiro de Mago: o Despertar praticamente pronto e preparamos tudo para uma futura reimpressão do Livro de regras do Mundo das Trevas.

Nove em sete.

Nesses dez meses também reformulamos as páginas eletrônicas de nosso website que tratavam do Mundo das Trevas, cuidamos da errata do Livro de regras do Mundo das Trevas, lançamos e realizamos o Concurso Cultural Os Ritos do Dragão, inauguramos e mantivemos este blog, apoiamos e ajudamos a organizar o evento Halloween no Mundo das Trevas.

Foi um ano agitado. E 2009 promete ser mais desafiador ainda, em tempos de crise global. Mas é o bom desafio que nos torna mais fortes. Hoka hey!

Eu quero muito agradecer, acima de tudo, a Douglas Quinta Reis, por me trazer de volta ao RPG como profissão. A Walder Yano, Deborah Fink e Mauro dos Prazeres, por acreditarem no Douglas e me acolherem na Devir. A todo mundo que me recebeu na editora: Douglas “D3″ Guimarães, Leandro Luigi del Manto, Tino Chagas, Benson Chin, Cecília Madio e Marquito Maia. Ao pessoal da Devir e da Terramédia que me ajudou num momento ou noutro: Manoel Coelho, Marcelo Loro, Marcelo Fernandes, Geraldo, João, Luzia, Rosângela, Carol, Ivan, Harumi, Anderson, Ciro e Eduardo. A todos que trabalharam na linha, muitos dos quais já foram citados, e mais Patrícia Narvaes, Cleo Carrero, Vítor Rocca, Vitor Yamana e Décio Lopes. A todos que deixaram comentários neste blog ou que entraram diretamente em contato comigo para agradecer, elogiar, criticar, sugerir e trocar uma idéia. A meu marido, Jaime Daniel L. R. Cancela, que sempre me apoiou e não deixou de dar bons palpites. E a minha filha Raíssa, que ainda não nasceu, mas participou pacientemente (ou nem tanto, pois neste momento ela está me chutando que é uma coisa!) de quase metade dessa trajetória.

Por último, eu gostaria de desejar a todos um Feliz Natal, um Bom Channukah, um Yule Abençoado e um Ano Novo maravilhoso.

MC Zanini

Nós aqui do Ambrosia esperamos ansiosos por 2009, e como já prometido faremos um grande especial dedicado ao meu jogo favorito da linha: Mage: The Awakening.

5 comentaram

Deixe sua opinião!
  1. Bem que podiam mudar o lançamento do “A cidade dos Amaldiçoados: Nova Orleans” para outra coisa melhor, tipo second sight

  2. Vocês são demais, pessoal da Devir. Apesar as reclamações dos descontentes, continuem com o esforço!

    Pantera, o Second Sight é bom mesmo. Mas, um suplemento com um cenário conhecido (Nova Orleans, do cenário que vem com o jogo) deve reforaçar a linha de “vampiro”. E outra, prefiro, da linha básica, um Urban Legends ou o Asylum.

  3. Sigo os passos apesar de jogar pouco, também prefiro outro livro, mas qual eu não sei.

    E Realmente o novo canal de comunicação é muito bom, respeitavel e melhorou minha opinião para com a Devir na Linha das Trevas, agora o resto… ainda não… o GURPS coitado até hoje está em algum calabouço…

Deixe uma resposta

Publicado por Felipe Velloso

Editor e Autor veterano do Ambrosia. Formado em História pela UFRJ, mantém praticamente todos os campos do site como áreas de seu interesse. Felipe é um viciado em letras, quadrinhos e games desde quando ele só tinha oito bits.

[Atualizado] O futuro da West End Games

Primeira foto oficial da produção de Avatar