Um rapaz leva uma vida comum como técnico da loja de eletrônicos Buy More, mas muda quando ele recebe um e-mail que baixa para o seu cérebro informações confidenciais do governo americano. A premissa inicial de Chuck sempre foi muito interessante, e passamos toda a primeira temporada descobrindo quem era Bryce Larkin e porque ele enviou o e-mail justo para Chuck, seu amigo de faculdade. Ele passa a ser vigiado por dois agentes, John Casey e Sarah Walker, por quem se apaixona. Ele vai com eles durante as missões, pois consegue acessar essas informações quando vê algo relacionado a elas em forma de flashes.

A baixa audiência aliada à falta de desenvolvimento dos personagens quase derrubou a série na segunda temporada, mas os fãs pediram e uma terceira, com 13 episódios, foi prometida.

A terceira temporada começa com o treinamento de Chuck para se tornar um espião de verdade. Um novo agente entra para o grupo, Daniel Shaw, que se revela um agente duplo infiltrado que trabalha para a Aliança, os bad guys. O romance entre Chuck e Sarah finalmente se consome. A temporada foi tão bem que mais episódios foram adicionados. Os fãs pensavam que nada mais podia ser feito com a série, mas os roteiristas se superaram, e a Season Finale da terceira temporada foi de tirar o fôlego.

Não vamos nos esquecer dos papéis secundários. Chuck tem um melhor amigo, Morgan. Ele é o típico loser, mas acaba descobrindo o segredo de Chuck e depois de muitas reviravoltas, se torna uma espécie de agente ás avessas.

Chuck também tem uma família. Ellie, sua irmã, é médica e casada com Devon, que também é médico. Ele descobre o envolvimento de Chuck com a espionagem na segunda temporada e nunca mais teve sossego, já que quer proteger a Ellie.

O pai de Chuck é o grande criador do programa Intersect, ele mesmo tendo um deles em sua mente. Ele é um cara arredio, bem nerd e que mora em um lugar onde nem mesmo os filhos sabem onde fica. Tudo para protegê-los, claro.

Não podemos esquecer das figurinhas que trabalham na Buy More. Jeff e Lester são dois perdidos na vida e têm uma banda. Vivem atrapalhando a vida de todo mundo através de chantagens bem bobinhas. Além disso temos o chefão, o poderoso Big Mike, que é padrasto de Morgan e adora comer no Subway. Além disso, John Casey, o agente durão responsável por Chuck, também trabalha lá.

Mas vamos ao Season Finale. Junte todos os ingredientes: Chuck e Sarah finalmente se dando bem, Morgan como meio-espião, Devon tentando proteger Ellie. Daniel Shaw, o agente duplo, baixou o Intersect 2.0 para a própria mente. Ele agora está em busca de um aparelhinho que não danifica o cérebro, já que todo mundo que tem um Intersect pode sofrer danos. Quem desenvolveu esse aparelhinho foi o pai de Chuck. Daniel está atrás dele, e consegue tirar o aparelho. Mas o custo é alto: ele mata o pai de Chuck.

Também descobrimos que Chuck, quando era criança, já havia passado por um “download” de Intersect acidentalmente quando foi fuçar nas coisas do pai. É por isso que ele é “especial”.

Ao mesmo tempo, Ellie acaba descobrindo o segredo do irmão. Acho que os fãs mal podiam esperar para que ela soubesse, porque ela tem um sentimento de proteção muito forte em relação ao irmão mais novo. Agora podemos respirar em paz.

Chuck e Sarah haviam decidido parar com essa vida de espionagem e ficar juntos como civis, mas é claro que isso não foi possível. E tem muito mais por aí. A quarta temporada já está confirmada e estreia em setembro. Os roteiristas nos presentearam com um gancho ótimo: a mãe de Chuck, que até então nunca havia aparecido na história. É esperar pra ver.

Ficha técnica

Chuck Bartowski – Zachary Levy
Sarah Walker – Yvonne Strahovski
John Casey – Adam Baldwin
Morgan Grimes – Joshua Gomez
Ellie Bartowski – Sarah Lancaster
Devon Woodcomb – Ryan McPartlin
Jeff Barnes – Scott Krinsky
Lester Patel – Vik Sahay
Big Mike – Mark Christopher Lawrence

  • Rony

    Chuck de fato não tinha como ser cancelado,é ótimo