em

Os amantes de Amy Farrah Fowler

Não há nerd no mundo que não saiba quem é Sheldon Cooper. O cientista mais amado do século XXI, ainda que fictício, é o grande destaque da série The Big Bang Theory[bb]. Um personagem caricato, mas que conquistou os fãs desde a cena no banco de esperma, no primeiro episódio.

Agora, já na quarta temporada, conhecemos Amy Farrah Fowler, a versão feminina de Sheldon. O casal “Shamy” é o destaque dessa temporada, embora nada, absolutamente nada, tenha rolado oficialmente entre os dois. A princípio, eles têm a ideia de terem um filho juntos, mas apenas por inseminação artificial, claro. A ideia horroriza Penny, que força-os a jantarem juntos. É claro que não deu certo.

Como todo o relacionamento é baseado no respeito que ambos têm pelo fato de serem extremamente inteligentes, uma hora isso ia cair por terra. Amy tem a convicção de que sua área de conhecimento é mais importante que a de Sheldon. Vendo-se contrariado, ele não tem escolha senão romper a relação com a garota. Sheldon, para lidar com a solidão, acaba arranjando um monte de gatos. Mais uma vez sua mãe vem para resgatá-lo de mais um comportamento absurdo. Ela consegue trazer Amy e eles se reconciliam. Tudo fica bem.

Amy sofre pressão da mãe, que quer que ela tenha um namorado. Então ela pede a Sheldon que a conheça. Ele surta completamente, achando que ela está interessada nele. Foge dela como o diabo foge da cruz. No fim ela explica que é só fachada, e ele concorda. Em uma cena memorável, ambos conversam com a mãe dela na webcam, e ele termina dizendo “tchau, agora vou fazer amor com a vagina da sua filha”. Romântico.

Ainda acho que Howard e Raj não têm o destaque que merecem. Sua presença serve apenas para arrancar risadas em situações constrangedoras. Howard reata seu romance com a fofa Bernadette, que também torna-se fixa. A série só tem a ganhar com todas essas personagens femininas.

Raj quase não tem destaque. Em um episódio, sua irmã está de passagem pelos Estados Unidos e passa a noite com Leonard. Esse confessa ao amigo no dia seguinte, o que desencadeia diversas confissões entre as mancadas dos quatro amigos. Mas eles se perdoam no final.

As três garotas da série, Penny, Bernadette e Amy têm uma festa do pijama e brincam de verdade ou desafio. Penny é questionada sobre passar muito tempo com Leonard. Ela fica nervosa, não responde e se tranca no quarto. Parece que a loira ainda gosta dele. Seria interessante a série voltar a explorar o relacionamento dos dois. O personagem de Leonard agora está focado em conseguir sexo fácil, embora todo mundo saiba que ele ainda gosta da Penny também.

Mas o que os fãs realmente querem ver é o casal Shamy ficando juntos. É apenas uma questão de tempo para que os dois se acertem. Será? Ou tomaremos mais um bazinga de Sheldon?

7 comentaram

Deixe sua opinião!
  1. Acho TBBT uma série fantástica e acho que a relação de Amy com Sheldon é muito mais favorável a boas gags do que Leonard e Penny,o que estava detonando a série.

  2. Acredito que os dois até possam se acertar, mas Sheldon é praticamente um ser asexuado. Vejo o relacionamento deles mais como uma disputa de intelecto do que como um relacionamento propriamente dito.

Deixe uma resposta

Publicado por Thais Aux

Thais Aux, 28 anos, jornalista, paulistana. Apaixonada pela sétima arte, séries de TV e livros. Tarantino, Woody Allen e Almodóvar são seu diretores favoritos. É viciada em Doctor Who e The Big Bang Theory, e não dispensa bons livros, fantásticos e contemporâneos.

Dois lançamentos que ditam os rumos da chamada MPB

Woody Allen e sua paranóia criativa: 2000 – 2010