Recentemente o History Channel surpreendeu o mundo dos aficionados por séries com Vikings, uma produção grandiosa que está recriando a trajetória do lendário guerreiro viking Ragnar Lodbrok na rabeira de sucesso de Game of Thrones.

Ao contrário dos programas “educacionais” do History Channel, Vikings segue por via ficcional ao buscar dar qualidade dramatúrgica à série no lugar de se prender a fatos verídicos. Bons exemplos disto são a ignorância do povo nórdico das ilhas bretãs na início da série e a figura autoritária de Earl Haraldson (Gabriel Byrne, em excelente atuação), quando se sabe que a história “real” era bastante diferente. Não que isto atrapalhe de alguma forma o programa, pelo contrário, como destacado o que vale é o entretenimento. Mesmo assim, Vikings ainda é substantivamente mais correto que a maior parte dos dramas históricos, como Os Bórgias e Spartacus.

vikings-serie-history-channel-02

Sobre a trama, os episódios exibidos até o momento (quatro no total) mostraram o jovem guerreiro Ragnar Lodbrok (Travis Fimmel, muito bem no papel) desafiando seu Earl, que recorrentemente levava a tribo para saquear o leste, para a desconhecida viagem a Grã Bretanha com ajuda de seu irmão Rollo (Clive Standen) e do construtor de barcos Floki (Gustaf Skarsgård, noutra atuação excelente). Retornando com sucesso, Ragnar começa a desafiar os desmandos do Earl Haraldson, mas nem tudo sai como esperava, levando Ragnar a desafiar novamente a segurança de seu mundo em busca de seus sonhos (que incluem saques, mortes, etc).

No geral o roteiro da série é interessante e bastante cativante, porém quem acompanha Game of Thrones vai sentir falta das tramas paralelas e toda espécie de conspirações. Mesmo assim Vikings merece ser acompanhada e pode mesmo se tornar a série favorita de muita gente que, como eu, já devorou todo os livros de Bernard Cornwell e cia.

Se você ainda não teve oportunidade de conhecer a série, vai se maravilhar com o trailer abaixo.

Cenário e caracterização de época são o ponto alto da série, justificando os 40 milhões de dólares investidos na primeira temporada (que estreou em primeiro lugar na audiência com 6 milhões de espectadores) e lançamento pelo History Channel. Mesmo assim um lançamento nacional ainda não foi confirmado – azar da emissora, que perde espaço para a internet.

Pois é isto. Ação, aventura, história, drama… Vikings!

vikings-serie-history-channel-06

vikings-serie-history-channel-07

vikings-serie-history-channel-04

vikings-serie-history-channel-03

vikings-serie-history-channel-01