em ,

CurtiCurti TopTop

“A Cor do Invisível” homenageia obra de Tomie Ohtake

Exposição gratuita fica em cartaz de 28 de novembro até 4 de abril de 2021

A artista japonesa Tomie Ohtake (1913-2015) teria completado 107 anos no último dia 21 de novembro e, para não deixar a data passar batida, o Instituto Tomie Ohtake de São Paulo apresenta a exposição “A Cor do Invisível”.

Com curadoria de Luciara Ribeiro e Luise Malmaceda, a mostra reúne cinco pinturas, seis gravuras e um estudo para a empena de um edifício localizado na Ladeira da Memória.

Nascida na cidade de Kyoto, Tomie Ohtake chegou ao Brasil em 1936 para visitar um irmão e acabou ficando no país devido a Guerra do Pacífico. Da estadia temporária, Tomie acabou se casando e tendo dois filhos por aqui. Assim o Brasil acabaria ganhando uma das artistas mais talentosas do abstracionismo informal.

Tomie Ohtake começou a pintar aos 40 anos, incentivada pelo artista japonês Keiya Sugano e participou em sua vida de 20 Bienais Internacionais de Arte em vários países, recebendo diversos prêmios ao longo de sua história – que já ultrapassou 120 exposições individuais.

A Exposição oferece entrada grátis e fica em cartaz entre os dias 28 de novembro e 4 de abril de 2021, podendo ser conferida de sexta-feira a domingo, das 12h às 17h.

Serviço “A Cor do Invisível”

De 28 de novembro de 2020 até 4 de abril de 2021
Sexta – Sábado – Domingo
Das 12h às 17h
Entrada Grátis
Instituto Tomie Ohtake
Rua Coropé, 88 – Pinheiros, São Paulo – SP, 05426-010, Brasil
Telefone: (11) 2245-1900

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *