em

Alexandre Marzullo apresenta “Primeiro Oceano” no Sesc Copacabana

Show contará com participações especiais, composições autorais e peças instrumentais para violão

O carioca Alexandre Marzullo começa sua trajetória musical com um caminho poético guiado pelo violão no EP “Primeiro Oceano”. O registro, quase completamente instrumental, marca uma jornada de descoberta artística.

O álbum já está disponível nas principais plataformas de streaming através do selo Dubas. O repertório do trabalho lançado em julho volta aos palcos cariocas em um show especial no Sesc Copacabana no dia 19/11 (terça-feira), véspera de feriado, a partir das 20h.

O EP foi pensado para representar o início de uma travessia pessoal, de um desbravamento de horizontes. A temática da busca guiou todo o desenvolvimento, motivado por uma vontade de libertação e um sentido de poesia. Sem restrições de rótulos ou gêneros, Marzullo constrói uma intrínseca narrativa. O compositor busca nas raízes da história brasileira um caminho para compreender o que nos trouxe até aqui.

Ideias tão subjetivas ganham forma no violão, baixo e teclado de Alexandre, que se desdobra em múltiplos instrumentos. A imersão começa na faixa-título, passa pelo descobrimento do outro em “Sul”, volta a uma crise interna em “Elegia para Copacabana” (a única com letra no EP), levando à superação em “Ao Pescador” e, por fim, à libertação em “Opa, Bom Dia”, primeiro single.

Neste show especial, “Primeiro Oceano” ganha companhias ilustres. O violonista recebe no palco as cantoras Dora Toiá e Maíra Garrido para participações. O repertório contará ainda com todas as composições presentes no EP, além de canções autorais de Marzullo e outras peças instrumentais para violão.

Músico autodidata, Alexandre Marzullo tem formação em pintura e um curso inacabado de Artes Visuais pela UERJ. Atualmente, cursa um mestrado em Letras, na área de Ciência da Literatura, na UFRJ. Sua pesquisa aborda as letras das canções de amor compostas em contextos repressivos, tratando da lírica do amor como o gesto anti-autoritário, e portanto, libertário por excelência.
Em paralelo, a partir de 2016 ele colocou em prática a vontade de se dedicar profissionalmente à música. Marzullo idealizou um evento mensal chamado Conversa Acústica, que reunia na Audio Rebel apresentações musicais e poéticas, seguidas de bate-papos mediados sobre processo criativo entre artistas e público.

Somando essa experiência e influências que foram de música ambiente até Villa-Lobos, passando pelas harmonias bossanovistas e o violão folk, Marzullo deu forma a seu “Primeiro Oceano”.
O Sesc Copacabana oferece programação cultural, hospedagem e serviços. O espaço é localizado à Rua Domingos Ferreira, 160.

Serviço

Alexandre Marzullo: Primeiro Oceano
Data: 19/11/2019 (terça-feira)
Horário: 20h
Local: Sesc Copacabana – Mezanino
Endereço: Rua Domingos Ferreira, 160 – Copacabana – Rio de Janeiro/RJ
Ingressos: R$ 7,50 (associado do Sesc), R$ 15 (meia), R$ 30 (inteira)
(Ingresso solidário R$ 15,00 (meia) com a doação de 1 kg de alimento para o Projeto Mesa Brasil do Sesc RJ)
Informações: (21) 2547-0156
Classificação: Livre
Bilheteria – Horário de funcionamento:
Terça a Sexta – de 9h às 20h;
Sábados, domingos e feriados – das 12h às 20h.

Deixe sua opinião

Publicado por Build Up Media

Vivendo do Ócio e Venuz (foto) tocam no Rio - Crédito: Pedro Salles

Espaço Kubrickr recebe Vivendo do Ócio, Venuz e Ventilador de Teto

Disney + já tem data para estrear no Brasil