em ,

Festival de Cinema de Petrópolis anuncia programação

O IV Festival de Cinema de Petrópolis escolheu o filme “Intimidade entre Estranhos”, de José Alvarenga Jr., para abrir a edição deste ano. O longa é estrelado por Rafaela Mandelli, Milhem Cortaz e Giovanna Lancelotti. Outro destaque dessa edição é “Veneza”, de Miguel Falabella, que estreou mundialmente no 47º Festival de Gramado. Nesta edição srão exibidos 15 longas e quatro curtas.

“Acreditamos estar cada vez mais perto do propósito do evento de impactar e transformar a vida das pessoas através da arte. O Festival de Petrópolis em 2019 traz a mudança que queremos ver no mercado do audiovisual e no mundo. Vamos discutir novos caminhos para realização de projetos, novos mercados, novos conceitos. Queremos falar do novo, do agora. Queremos fazer a diferença. Em defesa do cinema nacional o Festival de Petrópolis é um movimento que se fortalece a cada ano e vem para ocupar um espaço importante na cena cultural. Só nos resta dizer a você, viva essa experiência!”, comentam as organizadoras do festival Daniela Brescianini e Luciana Pacheco.

O IV Festival Imperial de Cinema de Petrópolis acontece de 23 a 27 de outubro no SESC Quitandinha e com a programação gratuita, exceto para o Petrópolis Conference que vai debater sobre mercado audiovisual brasileiro, tecnologia e capacitação. Para levar o público carioca até as sessões o festival fornecerá transporte Rio-Petrópolis-Rio.

PROGRAMAÇÃO

O IV Festival de Cinema de Petrópolis exibirá 15 longas- metragens e quatro custas no SESC Quitandinha. Neste ano a programação será divida entre as mostras Mostra Petrópolis, Panorama de Curta-Metragem, MOSTRA FICCI, Mostra GloboNews/Globo Filmes, Panorama Nacional, Mostra Escolas de Petrópolis, Mostra Infantojuvenil e Mostra 100% Independente.

No primeiro dia de programação quinta-feira (24) “Intimidade entre Estranhos”, de José Alvarenga Jr. será exibido. Neste mesmo dia também serão exibidos “Nos Jardins do Museu Imperial, histórias vividas nos jardins do imperador”, de Beatriz Galvão ; “Realidade Frenética”, de Ronan Horta; “Amor Urgente”, Diego Lublinsky, “O Corpo é Nosso!”, de Theresa Jessouroun.

Na sexta-feira (25) destaca-se os filmes “Ela Disse, Ele Disse”, de Cláudia Castro. Também neste dia acontecerá a exibição dos de curtas realizados por alunos e professores das Escolas Municipais de Petrópolis em 2019; “Vôo da Capo”, de Ricardo Conde; “Encena – O Jogo”, de Felipe Bretas; “Adoniran – Meu Nome é João Rubinato”, de Pedro Serrano e “Miriam Miente”, de Natalia Cabral e Oriol Estrada.

No sábado (26) o longa “Veneza”, de Miguel Falabella, foi selecionado para o festival. O longa conquistou os prêmios de Melhor Atriz Coadjuvante (Carol Castro) e Melhor Direção de Arte no 47º Festival de Gramado. Neste mesmo dia serão exibidos “Turma da Mônica – Laços”, de Daniel Rezende, “Nunca Fomos Tão Modernos”, de Gustavo Coelho Moretzsohn; “Saudade”, de Renata Saraceni; “Socorro, Virei Uma Garota”, de Leandro Neri; “Rio Seco”, de Pedro Hernandez Avellaneda.

No último dia de programação (27) serão exibidos os filmes: “Detetives do Prédio Azul 2 – Mistério Italiano”, de Vivianne Jundi; “225 Gramas”, de Mariana Rhosa e João Paulo Saraceni; “Cold Night”, de André Costa; “Padroeiros Oficiais do Brasil – A Comovente História de Aparecida e Pedro de Alcantara”, de Emílio Gallo e “Mussum, Um Filme do Cacilds”, de Susanna Lira. Também haverá a projeção de curtas realizados pelos alunos do curso de Audiovisual do Colégio Estadual Dom Pedro II.

Deixe sua opinião

Publicado por Rubens Soares

Vinicius Castro transforma obra de escritores lusófonos em música

Ave Máquina e Terceiro Mundo Bom fazem dobradinha na Audio Rebel