em ,

Ninja Gaiden 2

Quando eu era moleque (muuiiiitos anos atrás, hehehe), eu tive o prazer de pegar o ápice da segunda e terceira geração de consoles de videogame. Master System, Nintendo, Mega Drive e Super Nintendo respectivamente.
Eu tive o genérico do Nintendinho, chamado Phamtom System, que era basicamente um Nintendinho preto já que a Nintendo não almejava o mercado nacional com seu Nintendo Enterteinment System ou NES. Portanto, durante alguns anos eu fui capaz de jogar joguinhos do NES em meu ultra mega trash Phamtom System, e que saudade dá daquela época.
Super Pitfall, Ghostbusters (o jogo mais impossível da história da humanidade), Predator (esse era massa), mas o mais legal de todos tinha um nome: Ninja Gaiden 2.
O jogo era rápido, divertido, com uma história muito boa e acima de tudo, uma trilha sonora que era quase algo mais que os mid’s repetitivos que eram usados na época.
Bem, agora, tudo isso mudou. Em 2004 a saga de Ryu Hayabusa recomeçou no X-Box, e agora Ninja Gaiden 2 está a poucos meses de ser lançado e trará enormes novidades ao X-Box 360. Para começar, os gráficos.
A tela ficou com um visual mais limpo, usando a capacidade de processamento do X-Box 360 a produtora Tecmo pode aumentar a qualidade dos gráficos e fez algo até então impossível em um jogo como esse. Desmembramento!!
É isso aí, dependendo do estado moral dos inimigos que estão a sua volta, Ryu pode começar a desmembrar seus inimigos um a um, e, caso esteja sendo visto por vários inimigos, ao desmembrar um deles, os outros tem grande chance de fugir de medo, dando mais chances para novos desmembramentos. Isso sim é waaaay cool!!
O legal é que, como seus inimigos também são ninjas, eles não irão fugir de uma luta imediatamente após perderem um braço por exemplo, mas se perderem um braço e uma perna, talvez isso seja incentivo bastante para que seus outros inimigos pensem melhor na vida!
Os gráficos eu já disse que estão animais, a mecânica de jogo parece manter a tradição do primeiro e tornar esse um jogo extremamente difícil, mas jogável, com 4 níveis de dificuldade, fazendo com que no nível expert seja quase impossível de se fazer as coisas sem que você seja, literalmente, um ninja.

O gameplay é rápido e viciante, perfeito para quem não tem nada melhor nas idéias do que sair matando todo mundo que aparece na frente! E além do mais, tem muito sangue, o que é melhor ainda. Nada mais sem graça do que matar pessoas sem ver aquelas fontes intermináveis de sangue voando no ar.
Bem, de qualquer forma, Ninja Gaiden chega as lojas em aproximadamente 2 meses, é aguardar para ver se valeu a pena esperar.
J.R. Dib

2 Comments

Deixe sua opinião!

Deixe sua opinião

Avatar

Publicação J.R. Dib