em ,

Pintura de Frida Kahlo se torna a obra latino-americana mais valiosa vendida em leilão

Pintura de Frida Kahlo se torna a obra latino-americana mais valiosa vendida em leilão | Artes Visuais | Revista Ambrosia

O quadro intitulado “Diego y yo” (“Diego e eu”), um autorretrato de Frida Kahlo, se tornou a obra latino-americana mais cara da história, vendida recentemente pelo maior lance já dado em um leilão de arte.

O quadro, que traz também a imagem do companheiro de Frida, Diego Rivera, foi apresentado com um preço inicial de US$ 30 milhões e acabou arrematada por US$ 34,9 milhões. O valor equivale a cerca de 200 milhões de reais na cotação atual.

A pintura de 1949 da artista mexicana Frida Kahlo esteve ‘escondida’ do público por mais de 30 anos e a última vez em que foi exibido, em 1990, foi num leilão arrematado por US$ 1,43 milhão na época.

Pintura de Frida Kahlo se torna a obra latino-americana mais valiosa vendida em leilão | Artes Visuais | Revista Ambrosia

Frida Kahlo, que morreu em 1954, é uma das pintoras mais famosas do mundo e grande inspiração feminina num século marcado por conquistas do gênero. A artista deixou cerca de 140 pinturas, o que faz de cada leilão de suas obras uma rara oportunidade de incorporá-la a um acervo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

#Lançamento'22 Circuito Ambrosia