em , , ,

NonNon

Morre a atriz espanhola Margarita Lozano, musa dos diretores Buñuel, Pasolini e Leone

Morre a atriz espanhola Margarita Lozano, musa dos diretores Buñuel, Pasolini e Leone | Astros | Revista Ambrosia

Faleceu ontem (7) em Lorca, Múrcia, na Espanha, aos 90 anos, a atriz espanhola Margarita Lozano. Ícone do cinema espanhol do século XX e musa de grandes diretores como Luis Buñuel (1900-1983), Pier Paolo Pasolini (1922-1975) e Sergio Leone (1929-1989). Participou da única Palma de Ouro do cinema espanhol em Cannes, Viridiana (1961) de Buñuel, a atriz interpretou a rabugenta empregada Ramona.

Nascida em Tetuán em 14 de fevereiro de 1931, passou grande parte de sua infância e adolescência em Lorca. Mudou-se para Madri aos 19 anos com a premissa de estudar design e moda, mas cedo decidiu focar-se na sua vocação teatral. Quando decidiu ingressar no IIEC (Instituto de Pesquisa e Experiências Cinematográficas, mais tarde Escola Oficial de Cinematografia, EOC), seus pais não consentiram. Margarita, então, não hesitou em deixar o ambiente familiar e alugar um quarto para encarar o sonho de ser atriz.

Liderado pelo diretor Miguel Narros, participou de importantes produções durante as décadas de 1950 e 1960, carreira que combinou com o cinema, tanto na Espanha quanto na Itália, e na qual alcançou reconhecimento internacional.  Como “Por um punhado de dólares” de Sergio Leone com Clint Eastwood no papel principal, ou “Pocilga” de Pier Paolo Pasolini.

Morre a atriz espanhola Margarita Lozano, musa dos diretores Buñuel, Pasolini e Leone | Astros | Revista Ambrosia

Lozano se retirou da cena por uma década para se dedicar à sua família, mas nos anos 80 voltou ao cinema italiano, participando de vários longas-metragens de Paolo Taviani e seu irmão Vittorio Taviani.

 

Morre a atriz espanhola Margarita Lozano, musa dos diretores Buñuel, Pasolini e Leone | Astros | Revista Ambrosia

Sua última aparição no palco foi a produção La casa de Bernarda Alba, de Federico García Lorca (2005-2007), depois de ter atuado na mesma década Seis personagens em busca de um autor, de Pirandello, dirigido por Miguel Narros. A atriz recebeu inúmeros prêmios em vida, incluindo um doutorado honorário da Universidade de Múrcia, embora fosse reservada e pouco amiga da fama. Ano passado, recebeu a Medalha de Ouro de Belas Artes por decisão do Conselho de Ministros em reconhecimento à sua longa carreira no mundo do cinema.

Em sua Casa Azul, cercada por seu filho Paco e seus amigos íntimos, Margarita morreu serenamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

#Lançamento'22 Circuito Ambrosia