nyiloveyouA sequência da série de filmes sobre cidades (Cities of Love), iniciada por “Paris Eu Te Amo”, segue a mesma idéia do primeiro, mostrando pequenas histórias de amor passadas em NY.

Mas desta vez as histórias se misturam de tal forma que em muitas das cenas mostradas, não é possível identificar uma história de fato, apenas uma cena do cotidiano daquela cidade.

Os curtas neste filme não são pedaços isolados como no primeiro. Desta vez os diretores buscaram montar um mosáico mais uniforme e, como o Fabrício já havia dito, uma das personagens é a responsável por costurar todos os pequenos romances que vamos observando.

Esta série, apesar dos bons curtas que reúne, é claramente uma série que visa promover o turismo nestas cidades retratadas.

Em NY I Love You, senti falta de alguma história retratando a periferia da cidade, mostrando o cotidiano de alguém que não transita pelos cartões postais bem conhecidos de todos. Por outro lado o filme trabalha bastante a diversidade cultural da cidade, com pessoas de várias partes, que ao mesmo tempo em que se fascinam se estranham.

Talvez a grande mensagem que este filme tenha passado, é que NY é uma cidade onde a cada esquina existe um estranho por quem pode se apaixonar. Basta você se estar aberto a conhecer novas pessoas e realidades.

Portanto visitem NY, e comecem a poupar para a viagem seguinte.

Tudo indica que o Rio de Janeiro será a próxima “cidade do amor” retratada. Mais barato para nós brasileiros e principalmente para mim, que já estou aqui.

Fica a pergunta: Quais histórias de amor, seriam interessantes de se contar sobre o Rio?

P.S.: Acho que vão acabar contratando vários diretores de novela pra fazer o filme.

Um comentou!

  1. No Festival do Rio teve uma coletiva sobre o “Rio de Janeiro Eu Te Amo”, um monte de blá blá blá e nada de verdade definido. Cinema no Brasil se faz que nem política, muita conversa e pouco resultado.

Deixe sua opinião

Sua mensagem
Seu nome