Cantora Joyce Cândido conversa sobre o novo single, 'Queria Morar Num Boteco' | Entrevistas | Revista Ambrosia
em ,

Cantora Joyce Cândido conversa sobre o novo single, ‘Queria Morar Num Boteco’

Música é parceria com o português António Zambujo

A cantora Joyce Cândido está lançando o single e videoclipe ‘Queria Morar Num Boteco’, que contou com a participação do sambista português António Zambujo. A ideia era juntar os suingues brasileiro e lusitano.

Neta de portugueses, esta tem sido uma grande oportunidade de Joyce se reaproximar do país onde se apresenta todos os anos, desde 2012. Ela contou à Revista Ambrosia que o single é o primeiro do projeto Samba Nômade, que será lançado em breve.

“A ideia é mostrar o samba produzido nas diversas partes do Brasil e até do mundo”, disse a cantora, que também tem trabalhos com a Orquestra Bamba Social, do Porto. Nascida na cidade de Assis, no interior paulista, ela reforça a universalidade do samba para o entrevistador “carioca da gema”. “Não é só no Rio que tem samba não (risos).”

Cantora Joyce Cândido conversa sobre o novo single, 'Queria Morar Num Boteco' | Entrevistas | Revista Ambrosia

Perguntada sobre o inusitado de se incluir um português na temática de um boteco, teoricamente uma coisa genuína do Brasil, ela foi catedrática: “você já esteve em Lisboa? Lá é cheio de botecos. O António é mais botequeiro do que eu (risos)”, contou confirmando a presença dessa cultura boêmia tão cara aos brasileiros, presente também em Portugal.

Joyce revelou que a princípio, o videoclipe seria gravado dos dois lados do Atlântico, com cada artista em seu bar, com suas respectivas rodinhas de samba. Devido à pandemia, os planos precisaram mudar e o clipe foi gravado remotamente, com todos em casa. “Acabou ficando mais próxima da letra da música, que diz ‘preferia muito mais estar num boteco do que confinado no meu apartamento'”.

“Samba Nômade” conta com quatro produtores musicais: Alceu Maia, Rodrigo Campello, Fernando Merlino e Leonardo Bessa. Segundo ela, Campello foi responsável pelo acento mais suingado de ‘Queria Morar Num Boteco’. Já a próxima, os manauaras Flávio Pascarelli e Paulo Onça, uma frutífera ligação através do projeto Conexão Rio-Manaus, moldam um samba mais tradicional, com adição de acordeão.

A segunda faixa deve sair entre os meses de setembro e outubro. Joyce diz que por enquanto prefere colher mais frutos do primeiro single. Ela explica que quadruplicou os acessos a seu perfil no Spotify, inclusive com bom engajamento do público português.

Participe com sua opinião!