em , ,

Desastroso, Woodstock ’99 vai ganhar documentário na Netflix

O terrível Woodstock ’99, festival que não conseguiu encarnar a magia do evento original, está ganhando um documentário na Netflix.

O três dias do festival de música, que contou com Limp Bizkit, Red Hot Chili Peppers, Rage Against the Machine, acabaram se tornando um pesadelo para quem esperava a aura paz e amor do antecessor.

Quem acompanhava o evento ao vivo pela MTV presenciou o Woodstock se transformar num verdadeiro inferno, com agressões; roubos; ferimentos; e muito mais sendo transmitido para todo o mundo.

O documentário está sendo produzido pela produtora Raw (de Don’t F ** k With Cats), de Londres, junto da BBH Entertainment (Depeche Mode: SPiRiTS in the Forest).

A produção foi descrita como a “verdadeira história por trás de como ‘três dias de paz, amor e música’ caíram em chamas”.

Literalmente, já que o set do Red Hot Chili Peppers foi tomado pelo fogo após um grupo ativista presente ter distribuído velas para a multidão como parte de uma vigília anti-armas planejada para durante o show dos Peppers.

Como podem imaginar as coisas deram erradas no caminho… Woodstock ’99 sem dúvidas não foi o que muitos esperavam, mas pode render um ótimo documentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Navegante

Publicado por Lil Sonia

Sit there and count your fingers... What can you do?

Editora Piu lança “Dicionário da Independência”, de Eduardo Bueno

Star Trek: Discovery confirma primeiros personagens não-binário e trans