em , ,

Festival Audiovisual de Cultura (FAC) estreia apresentando acervo digital composto por obras autorais de múltiplas linguagens

Entre os dias 11 de novembro e 11 de dezembro acontece o Festival Audiovisual de Cultura – FAC 2021, um evento totalmente online que reúne um acervo original de 40 obras desenvolvidas por artistas mineiros. Cidades como Viçosa, Cataguases, Juiz de Fora, São João Del Rei, Governador Valadares, Contagem, além da capital Belo Horizonte e muitas outras tiveram obras selecionadas por um time curatorial de alta expertise: a roteirista Mônica Cerqueira, o multi-instrumentista Paulo Santos (Uakti), o diretor de teatro Marcelo Castro, o premiado videoartista Eder Santos e o pesquisador, dramaturgo e crítico cultural Daniel Toledo.

Ao todo, cerca de 500 projetos foram inscritos e dentre eles foram selecionadas 40 obras audiovisuais com duração de até 5 minutos nas categorias Música, Audiovisual, Artes do Corpo e Híbridas (que transita em mais de uma linguagem). Os trabalhos escolhidos pela curadoria compõem um acervo digital que está disponível gratuitamente para o público até o dia 11 de dezembro. Com sua plataforma exclusiva, o FAC traz uma nova perspectiva para os festivais multiartísticos, dando ênfase ao acervo, à catalogação e à preservação das obras em formato audiovisual. O foco é a divulgação e a salvaguarda do patrimônio cultural digital que será reunido a cada edição.

Para Carina Bismarck, uma das idealizadoras do projeto, “o diferencial do FAC está na diversidade, na inquietação e na proximidade das obras selecionadas. A gente se sente representado, sente que conhece parte daquelas realidades. A curadoria fez um trabalho primoroso nesse sentido, ao selecionar trabalhos que apresentam o que há de mais criativo e interessante em Minas Gerais”. De acordo com André Hallak, coordenador executivo e co-idealizador do festival, “o FAC se propõe a dar visibilidade aos artistas do nosso tempo, além de reunir acervo de obras originais e autorais. Um olhar atento, porém fluido, sobre o que vem sendo produzido nas artes em Minas Gerais.”

Além da lista de obras selecionadas que poderão ser vistas pelo público durante toda a programação através site oficial do festival, a programação do FAC será composta por cinco lives com os idealizadores e artistas e três oficinas on line realizadas pelos curadores do festival: ‘Curadoria e Produção de uma Mostra Audiovisual’ com Mônica Cerqueira, ‘Percussão e Trilhas Sonoras’ com Paulo Santos e ‘Reinventar a reinvenção’ com Marcelo Castro. Serão oferecidas 20 vagas por oficina e as inscrições gratuitas poderão ser realizadas através do site oficial (www.festivalfac.com.br).

Esta edição do FAC é viabilizada através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, tem o apoio da Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho, patrocínio da Energisa e a realização é da Casa na Árvore Produções.

SERVIÇO

FAC – Festival Audiovisual de Cultura
11 de novembro a 11 de dezembro
Site oficial: https://www.festivalfac.com.br
Youtube do Festival: https://www.youtube.com/FestivalFAC
Participação gratuita

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *