em ,

TopTop EitaEita CurtiCurti

“Se Eu Cozinho, Eu Não Lavo” em Overcooked All You Can Eat

On nintendo switch

Hora do rango!

Um brinde a Team 17 pelo deleite que é jogar Overcooked: All You Can Eat, onde servir pratos e preparar receitas vai abusar das malhas de nossos joysticks.

É fato que se cozinhar não é moleza, são necessárias habilidades específicas e muitos dedinhos cortados ao longo da jornada. Em Overcooked a coisa aspira chegar a níveis mais intensos do que um ambiente de cozinha grande, profissional e ou comum.


Graças as mentes brilhantes dessa tribo chamada Indie, as mecânicas são fora da caixinha e surpreendentemente criativas. Junto a interação com cenário, power-ups, NPC e jogabilidade, a imersão na correria para entregar os pratos é quase que instantânea. As temáticas são inúmeras e coerentes às suas respectivas propostas de jogo e distintas físicas.

Parece simples a primeira vista, mas como havia dito na correria de Overcooked detalhes como o ponto e o tempo de cozimento, por exemplo, são relevantes. Os cortes, quantidade, tudo precisa ser no padrão Masterchef.


Jogo a versão de Nintendo Switch e esta é uma versão definitiva, quase como um ultimate.
São as duas versões de Overcooked mais todo o conteúdo em DLC. Vale a pena até uma mídia física, na moral…

Nota: Ótimo – 3.5 de 5 estrelas

“Se Eu Cozinho, Eu Não Lavo” em Overcooked All You Can Eat
3.5 / 5 Crítico
Avaliação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *