Banda Eva comemora 40 anos com música nova e muitos planos | Lançamentos | Revista Ambrosia
em ,

Banda Eva comemora 40 anos com música nova e muitos planos

Banda Eva também planeja um EP apenas com músicas inéditas

Um dos grupos mais populares do Brasil, a Banda Eva, comemora os 40 anos de carreira da maneira mais ativa possível.

Produziu dois álbuns (Eva 4.0 volumes 1 e 2), fez uma live épica no Castelo Garcia D’ávila (na Praia do Forte, Bahia), shows em drive-ins, lançamento de uma nova canção (“Gratidão Apenas”) e planos para um EP composto apenas por canções inéditas.

Banda Eva

Em uma coletiva virtual pelo aplicativo Zoom, o vocalista do grupo, Felipe Pezzoni, contou um pouco sobre a nova canção e os planos da Banda Eva.

— “Gratidão apenas” (Lauryane Borges, Di Felippo, Rafa Lemos e Winnie Nogueira) é o tipo de música e de mensagem que a gente quer que o mundo inteiro sinta. Nos mostra que nada é para sempre e nos dá um olhar otimista. Eu tinha recebido há um ano atrás, no iniciozinho do verão de 2019 através de um amigo meu que é compositor. Ele me mandou algumas músicas e naquela correria do verão e tal terminou passando despercebido eu não cheguei a abrir o áudio dessa canção. Agora, durante o período de pandemia, eu fui conversar alguma coisa com esse mesmo amigo e percebi que tinha um áudio lá que eu não tinha aberto.

A música foi gravada pouco antes da live no Castelo Garcia D’ávila. Parte da base foi preparada com antecedência e parte foi gravada ao vivo.

Meditação, louça e trabalho

Pezzoni também contou como está fazendo para “suportar” esses tempos de isolamento social.

— Quem me conhece sabe que eu medito muito, o que ajuda a manter o equilíbrio mental. Além disso, procuro não ver TV ou ler jornais, para não ficar sendo bombardeado com notícias ruins. E tenho lavado bastante louça (risos).

O músico também revelou que está trabalhando na escolha do repertório para um EP com canções inéditas.

— A gente vai ter um pouquinho mais de tempo para poder gravar esse EP com um pouco mais de calma, a gente já está escolhendo algumas músicas, compondo outras coisas e acredito que muito em breve aí a gente já entra em estúdio para poder gravar — revelou.

Apesar da pandemia ter atrapalhado um pouco as comemorações dos 40 anos de estrada, Pezzoni não se lamenta.

— Queríamos fazer mais, mas, felizmente, a gente já comemorou bastante os 40 anos da banda antes disso tudo começar — disse o vocalista.

Saudades do calor do público

Um dos ícones do axé e presença obrigatória no carnaval de Salvador, a Banda Eva é um dos grupos que mais sofrem com o distanciamento do público.

— Quando voltar e estiver tudo normal, com vacina, vamos valorizar muito mais as demonstrações de afeto. Um abraço e um beijo vão ter um valor ainda maior.

Pezzoni também acha que é muito cedo para pensar em como (e quando) será o próximo carnaval.

— Acho muito precipitado falar de carnaval neste momento, ainda temos sete meses ainda pela frente e não há como fazer uma previsão certeira. Mas nós só vamos fazer trio em espaço aberto quando for totalmente seguro para todos. Caso a vacina não saia, o plano B seria mudar de data o Carnaval — opinou.

A Banda Eva, que desde 2013 é formada por Marcelinho Oliveira (teclado e voz), Peterson Figueredo (guitarra), Cuca e Hugo Alves (percussão), Max Fragoso (sax), Betinho (baixo) e Esso Brumon (bateria), além de Felipe Pezzoni (vocal), é uma dos grandes sucessos populares da nossa música e “Gratidão Apenas” mostra que ela ainda tem muita lenha para queimar.

Participe com sua opinião!