Leo Fressato supera o fim de um relacionamento em clipe de “Louco e Divertido” | Lançamentos | Revista Ambrosia
em ,

Leo Fressato supera o fim de um relacionamento em clipe de “Louco e Divertido”

Com o fim de um relacionamento, é preciso se reencontrar consigo mesmo. Representando essa redescoberta pessoal, Leo Fressato lança clipe para “Louco e Divertido”, faixa que dá nome ao seu novo álbum. O vídeo, dirigido por Bernardo Rocha e Carol Winter, está disponível no YouTube.

No clipe, a tristeza vai dando lugar à alegria, à celebração do amor puro e de uma busca por um novo olhar para o mundo. Essa visão está presente no álbum, que teve sua arte de capa retirada de um frame do vídeo. O disco traz um clima de ironia e bom-humor para falar de amores melodramáticos, relações decadentes e sexualidade com orgulho.

“A música que dá nome ao álbum flerta com o pop e vem cheia de leveza. Uma brincadeira entre falar de amor e da celebração de nós mesmos. Nossas loucuras cores e belezas. Trata o amor que está desandando com menos ranço, menos choro, menos drama. Um convite para o outro vir ser canção outra vez”, reflete Fressato.

Com mais de 15 anos de carreira, o cantor e compositor brasiliense de nascença e curitibano de coração é um artista prolífico, marcado por canções que tratam de amor ou de sua ausência. Transformando sentimentos íntimos em performance, Leo Fressato ganhou notoriedade nacional com o hit “Oração”, d’A Banda Mais Bonita da Cidade, e com a faixa “Coisa Linda”, uma parceria com Tiago Iorc.

Em 2013, lançou “Canções para o Inverno Passar Depressa”, com produção musical de Jérôme Gras, um álbum que trazia melodiosidade, romantismo e rancor. Esse espírito está presente no novo disco, que se utiliza de leveza para celebrar o amor, uma inaptidão ao mundo moderno e os términos.

“Em meio a um caos político e ideológico, me peguei diante da questão: ‘Por que escrever sobre amor num país onde acontece tanta atrocidade, preconceito, violência, tanto desmatamento, descaso, genocídio?’. Aí me dei conta de que, se meu corpo é político, minha canção de amor também é”, conta.

O disco está disponível em todas as plataformas de música digital e também com lyric videos em libras. A produção musical é de Jérôme Gras e Ian Fonseca.

Deixe sua opinião

Oi Futuro apresenta exposição do poeta carioca Paulo Sabino | Agenda | Revista Ambrosia

Oi Futuro apresenta exposição do poeta carioca Paulo Sabino

IT 2 - Vídeo de bastidores conta como foi voltar a Derry e ao Clube dos Otários | Videos | Revista Ambrosia

IT 2 – Vídeo de bastidores conta como foi voltar a Derry e ao Clube dos Otários