em ,

Livro traz a corajosa trajetória de três mulheres em busca de liberdade

Publicado pela Intrínseca, “A trança”, livro de estreia da atriz, diretora e roteirista francesa Laetitia Colombani, conta a história de Smita, Giulia e Sarah. Mulheres que vivem em continentes diferentes, com culturas distintas, mas com a mesma sede de liberdade.

Três trajetórias conectadas pela coragem, pela esperança e por questões muito íntimas que são reveladas ao longo da trama. Elas se recusam a aceitar o destino que lhes está reservado e decidem lutar contra ele. Smita é uma intocável, membro da casta mais baixa da sociedade indiana. Seu grande sonho é ver a filha escapar da condição miserável em que a família vive e ter acesso à educação formal. Na Sicília, Giulia trabalha como ajudante na oficina do pai. Mas, quando ele sofre um acidente, ela assume o comando e logo percebe que o negócio está à beira da ruína. No Canadá, Sarah é uma advogada renomada. Mas, quando está prestes a ser promovida ao cargo de chefe no escritório em que trabalha, descobre estar gravemente doente.

Sem saber que estão conectadas por suas questões mais íntimas, Smita, Giulia e Sarah recusam o destino que lhes está reservado e decidem lutar contra ele. Vibrantes, suas histórias se entrelaçam de maneira inusitada e remontam a uma gama de emoções familiares. Uma trama que provoca reflexões sobre as diferenças sociais, a condição feminina e o papel do acesso à educação na mobilidade social.O livro está sendo adaptado para o cinema.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *