em ,

A estreia da escritora precursora do feminismo na literatura inglesa

Publicado em 1926, mas ainda inédito no Brasil, Lolly Willowes é o primeiro romance de uma das mais injustiçadas escritoras de todos os tempos: Sylvia Townsend Warner. Com uma escrita afiada e polêmica, ela foi uma das primeiras feministas a trazerem à tona temas sensíveis, muitos deles explorados por Virginia Woolf décadas depois. A sinopse do livro já apresenta  a temática do livro: a perda do pai marcou para sempre a vida de Lolly Willowes. É por isso que, ainda criança, ela decide morar com o irmão, onde cuida dos sobrinhos e ajuda a cunhada nas tarefas domésticas.

Durante vinte anos, Lolly se anula, resumindo-se a uma tia amada pela família. Solteirona com apenas vinte e oito anos, ela decide abandonar a Londres urbana e se mudar para a vila rural Great Mop, onde florescerá emocional e espiritualmente. No entanto, tudo se complica após a visita de um gato que a jovem tem certeza de que foi enviado pelas forças das trevas, pelo próprio demônio. Deliciosamente irônico, mágico e subversivo, um  Clássico da primeira metade do século XX, Lolly Willowes é o retrato de uma mulher forte, capaz de encontrar sua liberdade e desfazer as amarras que lhe foram impostas. Lançamento da Bertrand Brasil e vontade de ler não falta.

SERVIÇO

Lolly Willowes

(Lolly Willowes)

Sylvia Townsend Warner

Tradução de Regina Lyra

Literatura Estrangeira

Editora Bertrand Brasil

196 páginas

R$ 29,00

ISBN: 978-85-286-1661-3 

Deixe sua opinião

Publicado por Cadorno Teles

O RPG Cosa Nostra será lançado através de financiamento coletivo

Monsters of Rock volta em outubro de 2013