Ambrosia Literatura A best-seller Cassandra Clare lança “Os artifícios das trevas”, sua nova trilogia

A best-seller Cassandra Clare lança “Os artifícios das trevas”, sua nova trilogia

Depois do fenômeno “Os instrumentos mortais” – série de seis livros que já vendeu cerca de 1,3 milhão de exemplares no Brasil –, a autora Cassandra Clare inicia “Os artifícios das trevas”, nova trilogia ambientada no universo dos Caçadores de Sombras. No livro de estreia, “Dama da meia-noite”, a ação se passa cinco anos depois da história narrada em “Os instrumentos mortais”. Clary e Jace, os protagonistas da série anterior, agora são celebridades e diretores do Instituto de Caçadores de Sombras de Nova York. Já a jovem caçadora Emma Carstairs cresceu. Protagonista da nova série, ela tem agora 17 anos e tornou-se uma forte combatente que mora no Instituto de Los Angeles.

Emma é a melhor Caçadora de Sombras de sua geração. Dedicou os últimos anos de sua vida a tentar desvendar o mistério do assassinato de seus pais, já que não acredita na resolução oficial do crime. Quando dezenas de humanos e fadas começam a aparecer mortos e com as mesmas marcas encontradas nos corpos de seus pais, é a chance da menina de finalmente encontrar uma boa pista.

Mas a investigação vai envolver muitas outras questões: resolver o crime também significa resgatar Mark Blackthorn, capturado e aprisionado pelo Povo das Fadas. Os Blackthorn são a família com a qual Emma cresceu, e que a “adotou” após a morte de seus pais. Irmão de Mark, Julian é o melhor amigo de Emma desde criança. Por isso, os dois decidiram se tornarparabatai – uma parceria íntima e definitiva entre dois Caçadores de Sombra, que juram lealdade eterna um ao outro. Mas não podem nunca se apaixonar. E é claro que Emma e Julian estão em conflito e loucos para quebrar esta regra.

Enquanto buscam pela verdade por trás das mortes, os dois parabatai vão esbarrando em mais segredos, perigos e magia. Os fãs de “Instrumentos mortais” vão se divertir com as aparições e as referências a personagens queridos como Clary e Jace, Magnus Bane, Alec Lightwood e Malcolm Fade, por exemplo. Mas quem não leu a série anterior de Cassandra Clare também pode mergulhar sem medo nesta nova história.

A primeira edição de “Dama da meia-noite” vem com algumas características especiais: capa com tratamento holográfico e um capítulo extra, que descreve com mais detalhes uma festa que é apenas citada no romance e que reúne os personagens das duas sagas. A obra chega às livrarias brasileiras em abril.

12961556_794776143956698_4500167590920188491_n

Cassandra Clare já vendeu mais de 36 milhões de livros em todo o mundo, e suas obras foram traduzidas em 35 línguas. Os livros da franquia “Os instrumentos mortais” figuraram na lista de best-sellers do New York Times por mais de dois anos. A série deu origem a um filme homônimo e à série de TV “Shadowhunters”, atualmente em exibição na Netflix. Cassandra escreveu ainda a série “As peças infernais”. Ela esteve no Brasil em 2014 para participar da Bienal do Livro de São Paulo, para onde atraiu milhares de fãs.

Participe com sua opinião

Por favor preencha o comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

próxima publicação