Descartatau, novo projeto das editora Urso e Zouk sobre literatura e carnaval | Literatura | Revista Ambrosia
em ,

Descartatau, novo projeto das editora Urso e Zouk sobre literatura e carnaval

Em 1975, o Catatau, romance mais importante de Paulo Leminski foi lançado. Junto com ele, vieram para o Brasil Descartes, a filosofia e William Teca, escrevendo uma dissertação sobre a obra de um dos mais importantes poetas neoconcretos brasileiro e suas influências. Usando um texto que relaciona o conceito de carnaval, Nietzsche, pastiche, Leminski e tudo o que há de mais brasileiro, Descartatau une grandes referências da estética europeia a um pensamento genuíno, alegre e sem compromisso com as regras.⠀

O autor, William Teca é mestre em literatura pela Universidade Federal do paraná (UFPR), e teve seu título conquistado com a dissertação aqui apresentada em 2005, a qual criou um certo rebuliço na banca examinadora pois segundo alguns “era um texto com linguagem pouco acadêmica”.

E de fato, a intenção de teca sempre foi fazer uso da linguagem um tanto literária para falar de literatura e filosofia. Linguagem agora bem mais aceita no meio acadêmico, naquela época causou estranheza.

Se você gosta do Brasil, gosta do Leminski, gosta de filosofia e gosta de festa, esse livro é o melhor dos mundos possíveis! Conheça o projeto no catarse e as recompensas porque estão bem legais!⠀

AUTOR

William Teca é nascido em Curitiba em 1975, faz parte de uma velha guarda. É principalmente poeta, mas sua prosa é igualmente contemporânea e ácida. Já teve seus textos publicados em veículos de prestígio como o jornal Cândido e O Relevo (ambos de distribuição nacional), além disso tem três livros publicados; Sinistros Insones (2019, poesia, Urso), Meia com Amargo (2020, poesia, Kotter Editorial) e Dois Contos (2020, prosa, BuruRu).

Mantem o blog de Literatura, crítica e tradução Sinistros Insones e também o de poesia chamado Segue o baile.

Opiniões

Participe com sua opinião!

Carregando

0