em ,

Emma Watson escondeu 100 livros (feministas) com dedicatórias no metrô de Londres

Além de uma excelente atriz, Emma Watson é inspira ser uma pessoa incrível e além de encarar diplomacia como embaixadora da ONU, têm promovido diversas lutas contra violência e preconceito.

A última novidade da atriz foi escrever nada menos que cem dedicatórias no livro “Mom and Me and Mom”, da escritora norte-americana Maya Angelou. E ainda esconder os livros no metrô da cidade de Londres com o apoio do projeto Books on the Underground.

A ideia começou quando a atriz criou uma espécie de clube do livro com os seus seguidores no Twitter, intitulando o projeto “Our Shared Shelf”, o clube propõe a leitura de clássicos feministas e publicações contemporâneas, como as biografias de mulheres como Carrie Brownstein e Caitlin Moran.

https://www.instagram.com/p/BMSHByylwn5/

Participe com sua opinião!