Escritor chileno Luis Sepúlveda morre de covid-19 | Literatura | Revista Ambrosia
em ,

Escritor chileno Luis Sepúlveda morre de covid-19

O romancista de 70 anos havia sido um dos primeiros casos diagnosticados na Espanha

Mais um registro triste. O escritor Luis Sepúlveda (Ovalle, Chile, 1949) morreu nesta última quinta-feira, 16 de abril de 2020, aos 70 anos, no Hospital Universitário Central das Astúrias, no norte da Espanha. Sepúlveda foi um dos primeiros casos confirmados da covid-19 na Espanha e lutava havia um mês e meio contra a doença causada pelo novo coronavírus.

Autor de mais de 20 romances, livros de viagem, guias e ensaios, Sepúlveda deixou o Chile em 1977 após sofrer represálias da ditadura de Augusto Pinochet. Depois de um longo périplo pela América Latina, que incluiu sua participação na revolução sandinista da Nicarágua (também esteve na Argentina, Uruguai e Brasil), em 1977 chegou a Gijón, na província de Astúrias.

Algumas de suas obras foram adaptadas para o cinema, como História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, pelo italiano Enzo D’Alò e em versão animada, e Um velho que lia romances de amor, dirigida pelo holandês-australiano Rolf de Heer. Durante sua longa carreira como escritor, recebeu cerca de 20 prêmios, entre eles o Pégaso de Ouro, em Florença, e o Prêmio da Crítica, no Chile. Era, além disso, Cavaleiro das Artes e Letras da República Francesa e doutor honoris causa pela Universidade de Urbino, na Itália.

Via El País. Fique em casa!

Opiniões

Participe com sua opinião!

Carregando

0