Jornal Relevo: oito anos de resistência literária –
em ,

Jornal Relevo: oito anos de resistência literária

Idealizado pelo jornalista paranaense Daniel Zanella, o Jornal Relevo é uma das maiores referências da produção cultural e literária independente brasileira.

Editado há pouco mais de oito anos, desde setembro de 2010, com o esforço de Zanella e uma pequena e afinada equipe que o ajuda na diagramação, escolha e revisão de conteúdo e elaboração de infográficos, o jornal, impresso em formato tabloide e disponível para acesso na internet, já publicou centenas de escritores brasileiros.

Dos mais famosos aos desconhecidos em busca de espaços para expor o seu material. Contos, ensaios, poesia, cabe tudo no jornal, desde que tenha qualidade e passe pelo crivo de Daniel e seu editor-assistente, Mateus Ribeirete.

Jornal Relevo: oito anos de resistência literária –
Foto (acervo pessoal) Daniel Zanella, editor do Relevo.

Mantido através de assinaturas – o valor anual é de R$ 50,00 –, e anúncios, geralmente ligados ao mercado editorial, e com tiragem mensal de 5 mil exemplares, o Relevo chega a todos os estados brasileiros e à diversas bibliotecas públicas, neste caso, gratuitamente. Para Zanella, “o Relevo estabelece um interessante parâmetro sobre a produção literária contemporânea”.

Sem aceitar anúncios ou doações de organismos públicos, o Relevo pode se orgulhar de trabalhar fielmente sob o conceito de independente. Isso vale, inclusive, para o conteúdo do periódico: “assinantes e anunciantes não dispõem de nenhuma influência na editoria do veículo — principalmente quando tentam”, destaca o site oficial do jornal.

As regras para colaborações e o conteúdo do jornal podem ser acessados pelo site da publicação (clique aqui).

Marcelo Adifa

Publicado por Marcelo Adifa

Marcelo Adifa é jornalista, roteirista e redator. Autor de Exílio (2015); A quem se fizer estrela (2016) e Saltar Vazio (2018), entre outros livros de jornalismo, poemas e romances.