em , ,

Mães que fazem mal é o novo livro da psicanalista Silvia Lobo

Especialista lançará a obra em São Paulo

Fazer mal à alguém nem sempre se dá de forma propositada, planejada. Ainda mais quando quem exerce influência sobre o outro tem laços sociais e biológicos tidos como inalienáveis. Mães que fazem mal, novo livro da psicanalista Silvia Lobo, editado pela Pasavento, selo da Editora Reformatório, aborda exatamente essa população, muitas vezes maior do que imaginamos e que age de forma silenciosa, passando quase que despercebida – inclusive das suas vítimas.
Na maior parte das vezes, não são pessoas más. São mães que, involuntariamente, sem perceber, acabam por fazer mal aos seus filhos pelos mais variados motivos, até mesmo pelo excesso de cuidado. Pessoas que transferem para os filhos desejos ou frustrações, impondo uma rotina de limitações ou dominação que, por muitas vezes, só será percebida na fase adulta, após sessões de terapia e ajuda especializada.
Neste livro, Silvia Lobo traz um estudo psicanalítico em linguagem simples destas mães que fazem mal, criado por meio de anos de estudo do tema, análises e relatos de casos acompanhados pela autora em seu consultório (que aparecem no livro como fragmentos – todos casos reais). Silvia é conhecida pela capacidade técnica e linguagem acessível, tornando o relato das experiências do livro, uma saborosa aula de empatia.
Entre os capítulos, Silvia ainda convida seus leitores a refletir sobre temas como “O novo poder das crianças e o desamparo de todos nos tempos atuais, a idealização da maternidade”, “A função da mulher na sociedade brasileira”, “A recriação da mãe”, entre outros temas relativos à maternidade. Há ainda, um capítulo dedicado às modalidades de mães que fazem mal, catalogadas pela própria autora, onde passamos por tipos que podemos facilmente reconhecer; a arrependida, a higiênica, a executiva, a sofredora, a imobilizadora, a litigiosa, a eliminadora, a pragmática, a sexuada, a afetada, a adultizadora, entre outras.
O livro convida ainda as mulheres à uma discussão que se faz presente nestes tempos: “é preciso ter a consciência de que antes de sermos mães, somos mulheres, e que esta seja hora de hesitar e considerar se queremos ou não gerar bebês, podendo decidir sem obediência e sem culpa. Além disso, será que ainda hoje, cabe somente às mulheres a função de mãe?”
Sobre a autora: Silvia Lobo é psicanalista, socióloga e docente da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo, membro do Espaço Potencial Winnicott-SP, autora de diversos artigos publicados em revistas especializadas, no Brasil e no exterior. Em 2016 publicou em coautoria com Cris Bassi (uma de suas pacientes) o livro A paciente, a analista e o Dr. Green: uma aventura psicanalítica, livro finalista do Prêmio Jabuti.
Mães que fazem mal é o novo livro da psicanalista Silvia Lobo | Agenda | Revista AmbrosiaServiço: Mães que fazem mal será lançado neste sábado (27), a partir 11h, com conversa com a autora, na livraria Zaccara, na Rua Cardoso de Almeida, 1.356, no bairro de Perdizes em São Paulo. O livro poderá ser adquirido através do site da Editora Reformatório.
 
Ficha técnica: Mães que fazem mal
Autora: Silvia Lobo. Editora: Pasavento (selo de não-ficção da Editora Reformatório). Número de páginas: 160
Formato: 16 x 23cm ISBN – 978-85-68222-35-5
 

Participe com sua opinião!