Por mais incrível que pareça, ainda tem quem acredite que a mulher perfeita precisa ser uma “rata de academia”. Ou, pior, tem gente pensando que mandar uma mensagem para o cara em uma sexta, às 3h da manhã, seja uma prova de amor. Mas quem disse que mulheres só são felizes em uma calça 38 e precisam estar lindas e bem maquiadas até mesmo às 9h de uma segunda-feira? Para contrariar essas e muitas outras teorias relacionadas ao universo feminino, a humorista Bruna Louise estreia como autora em “Desbocada, desfocada e deslocada” pela editora Buzz.

Bruna Louise é formada em artes cênicas e só se formou para jogar um diploma na cara da família, ou seja, Bruna Louise não é especialista em nada, absolutamente nada. Esse livro de anti-autoajuda e com péssimas dicas de sobrevivência foi escrito baseado em histórias de amigas, reclamações de mulheres de todos os tipos, sejam contadas diretamente para Bruna Louise, sejam ouvidas dentro de ônibus ou consegui- das indiretamente: com copos de vidro grudados na parede do vizinho ou escutas telefônicas.  Como comediante de stand-up, ela está acostumada a ver coisas rotineiras com outros olhos (até porque ela acorda ao meio-dia, o que muda tudo) e isso possibilita que ela exerça sua veia satírica e brinque com questões sérias que são comuns na vida de qualquer mulher. Então livre-se do politicamente correto (até porque ela não tem como pagar os advogados em caso de processo) e se divirta com essa visão bem-humorada do universo feminino.

Questões, certamente, já enfrentadas por todas as mulheres, como “TPM: um clichê desgraçado que só a gente sente”; “A felicidade não mora numa calça 38”; “Academia: paguei, não fui, paguei de novo, continuei não indo”; “Pequeno manual de sobrevivência nas redes sociais feito por quem se irrita facilmente na internet”; e “Festa de casamento: muita frescura se o objetivo final é só encher a cara” serão abordados pelo livro. Confira.