em ,

Mostra CLAMP na Rio Comicon não agradou aos fãs

Aquele que esperava uma bonita homenagem as meninas da CLAMP nesta edição da Rio Comicon, se decepcionou bastante com o que viu por lá.

Mostra CLAMP na Rio Comicon não agradou aos fãs | Anime | Revista Ambrosia

A mostra foi disposta em uma das plataformas da estação Leopoldina, armada em enormes biombos que lembravam as portas de correr japonesas, onde painéis exibiam imagens dos trabalhos e eram intercaladas com textos e outros posters menores. Toda a ideia em si era muito boa, mas infelizmente não foi bem executada.

Mostra CLAMP na Rio Comicon não agradou aos fãs | Anime | Revista AmbrosiaA mostra era meio confusa e você era obrigado a andar olhando da esquerda para direita ou então ir até o final olhando apenas para um lado e depois vir pelo outro, mas dessa forma você não entendia a cronologia dos textos.

O primeiro trabalho do grupo, RG Veda, estava lá abrindo a mostra, tal como fotos do estúdio onde elas trabalham e esboços de páginas de mangá. Mas, daí para a frente começava a decepcionar.

Grandes títulos conhecidos dos fãs e de muito sucesso por aqui como Chobits,  Angelic Layer, Sakura Card Captors e Tsubasa Chronicle não tiveram o destaque merecido. Foram trocados por trabalho menores como Clover – que teve a mesma imagem repetida em painel e poster – Clamp School Detectives e Tokyo Babylon, que mostrava uma imagem que não remetia diretamente a história. Sem falar no esquecimento de Guerreiras Mágicas de Rayearth. Não havia sequer uma única imagem do trio ou mesmo do icônico Mokona, personagem queridíssimo entre aqueles que conhecem e gostam de anime e mangá.

O que mais intrigava os fãs era qual critério de escolha havia sido usado, para que um determinado título de mangá tivesse mais destaque do que outro. Porque todos esperavam por algo mais suntuoso para mangakás que fazem tanto sucesso aqui no Brasil e possuem tantos shoujos queridos de público.

Não havia nome nenhum vinculado a mostra e depois de ir atrás da assessoria de imprensa, descobri que a mostra foi trazida da França onde apareceu pela primeira vez em 2009 no Festival de Angoulême. Os textos foram traduzidos, mas aparentemente nenhuma pesquisa a mais foi feita. E foi exatamente aí onde o evento pecou.

Mostra CLAMP na Rio Comicon não agradou aos fãs | Anime | Revista Ambrosia

Deveria ter tido uma pesquisa maior para saber quais títulos fizeram mais sucesso por aqui e dar merecido destaque a eles. Andando pelo evento, não encontrei uma só pessoa que houvesse gostado da mostra. A maioria estava bastante decepcionada com o local escolhido para exibi-la e em como estavam faltando imagens melhores e outras curiosidades das meninas da CLAMP.

Infelizmente não agradou aos fãs.

Deixe sua opinião

Avatar

Publicação Melissa Andrade