em ,

“RG Veda” – um clássico da CLAMP, agora em solo brasileiro

Não resta dúvidas de que as meninas da CLAMP possuem uma legião de fãs no mundo todo. Aqui no Brasil não seria diferente. Com lindas e divertidas histórias que misturam fantasia, romance, aventura, magia e até um pouco de misticismo o sucesso as acompanha de longa data.

Juntas desde a década de 90 a lista de trabalho das meninas só cresceu. O primeiro mangá feito pelas quatro e oficiais integrantes; Nanase, Mokona, Tsubaki e Satsuki, chegou em solo brasileiro no final do ano passado.

RG Veda é um trabalho bem diferente dos demais. Por se tratar do primeiro, tem uma temática mais adulta envolvendo Mitologia Hindu, mortes e personagens bem complexos.

RG.Veda.full.598617

A trama gira em torno de Ashura que estava adormecido por 300 anos sob um selo mágico e foi despertado por Yasha. Ashura faz parte de um clã dizimado pelo atual governante, Taishakuten, que usurpou o trono matando o pai de Ashura-õ. Agora desperto, Yasha e Ashura devem reunir as “seis estrelas” para lhes ajudarem a tirar Taishakuten do poder e então trazer novamente paz ao reino. Acontece que Ashura vem crescendo numa velocidade assombrosa e nada se sabe sob os verdadeiros poderes da criança que vez ou outra parece ser tomado por um espírito maligno. Yasha está destinado a guiar e cuidar dessa criança pois por culpa dele, todo seu clã foi exterminado acusados de traição e ambos agora são fugitivos. Resta aos dois continuarem sua busca pelas “seis estrelas” e também sobre os mistérios que pairam sob o clã de Ashura.

RG Veda é um mangá para ninguém botar defeito. Toda a questão da mitologia hindu é bastante envolvente e a ligação com os personagens muito bem escrita. O próprio título tem inspiração em “rigveda” ou o “livro dos hinos”, datado como o mais antigo documento da literatura hindu.

Ashura para os Hindus é um semideus ou antideus, ele pode trazer a guerra da mesma forma como pode trazer a paz. Já o Yasha é um grande guerreiro, benevolente e bastante protetor.

AshuraandShashi
A arte é bem característica da CLAMP mas com traços rudes e meio rabiscados. Talvez por se tratar de um assunto mais sério, os personagens tenham expressões mais soturnas e frias. O mesmo acontece com os diálogos, que são ricos em detalhes e explicações. Existe uma série de legendas espalhadas pelas páginas para guiar o leitor e sobre o que cada nome, local, palavra significam.

O mangá é bimestral possuindo um total de 10 volumes e já tendo 3 lançados pela Editora JBC. Para os fãs vale a pena ter mais esse título na coleção. E para quem não, é uma ótima pedida.

Se você viu Shurato e curtiu, RG Veda também vai te encantar. Existem grandes similaridades entre as duas histórias já que ambas falam de mitologia hindu. E a espada destinada a Ashura se chama Shurato. Legal não é?

Participe com sua opinião!