Analisando a discografia do Fleetwood Mac (1975-2003) | Música | Revista Ambrosia
em ,

Analisando a discografia do Fleetwood Mac (1975-2003)

Neste quadro “Conversa de Botequim” do canal Alta Fidelidade, Luiz Felipe e o Biofá comentam a discografia do Fleetwood Mac, entre 1975 e 2003.

Discos:

Fleetwood Mac (1975)
Rumours (1977)
Tusk (1979)
Live (1980)
Mirage (1982)
Tango in the Night (1987)
Behind the Mask (1990)
Time (1995)
The Dance (1997)
Say You Will (2003)

Fleetwood Mac

Fleetwood Mac é uma banda anglo-americana de rock, formado em Londres, no ano de 1967. Em mais de 50 anos de carreira, o grupo vendeu mais de 100 milhões de cópias no mundo, sendo uma das bandas de maior sucesso comercial no mundo. Em 1998, alguns integrantes foram introduzidos no Rock and Roll Hall of Fame. Além disso, o conjunto foi premiado pelo Brit Awards por sua contribuição à história da música e, em 2018, declarado MusiCares Person of the Year.

O grupo conteve várias formações. A inicial, caracterizada pela participação do guitarrista e compositor Peter Green, o guitarrista Jeremy Spencer, o baterista Mick Fleetwood e o baixista John McVie, com a qual gravaram seu álbum de estreia em 1968. Por vários anos ocorreram várias mudanças de formação, enquanto o som do grupo sofreu mudanças do blues até ao pop rock, algo marcado pela entrada de Bob Welch e Christine McVie em substituição de Green e Spencer. Em 1974, após uma mudança do grupo para os Estados Unidos e o lançamento do disco Heroes Are Hard to Find, Welsh saiu do grupo.

A formação mais famosa do grupo se iniciou ainda em 1974, quando o baterista Mick Fleetwood conheceu um duo de folk rock formado por Lindsey Buckingham e Stevie Nicks. Os dois novos integrantes, juntamente com Christine McVie, estruturaram em definitivo o pop rock como principal gênero do grupo. Nesta época, a banda lançou Fleetwood Mac (1975) e Rumours (1977), este último um sucesso mundial. Apesar da formação ter se mantido até 1987, com o álbum Tango in the Night, a banda foi caracterizada por crises, hiatos, abuso de drogas e brigas internas entre os integrantes. Naquele ano, Buckingham deixou o grupo e os membros clássicos retornaram em apenas em 1997, com o projeto ao vivo The Dance.

Desde 1998, a banda passou por outras mudanças. Christine McVie deixou o grupo naquele ano, tornando o Fleetwood Mac um quarteto. Sob esta configuração, foram lançados os projetos Say You Will (2003) e Extended Play (2013). Com o retorno de McVie em 2014, a tecladista se juntou com Buckingham para um futuro disco da banda. Com a recusa de Stevie Nicks em participar, Lindsey Buckingham Christine McVie foi lançado em 2017 como obra solo dos músicos. Em 2018, Lindsey Buckingham foi expulso do grupo e substituído por Mike Campbell e Neil Finn.

Origem: Wikipedia

Deixe sua opinião

Publicado por Alta Fidelidade

Escute sem pressa: José James | Colunas | Revista Ambrosia

Escute sem pressa: José James

The Sims 4 - Vida Universitária ganha trailer | Games | Revista Ambrosia

The Sims 4 – Vida Universitária ganha trailer