Atração do Rock in Rio, Jéssica Ellen revisita suas raízes  em “Madá” | Música | Revista Ambrosia
em ,

Atração do Rock in Rio, Jéssica Ellen revisita suas raízes em “Madá”

Produção que mistura clipe e mini-doc mostra a cantora e atriz em sua busca por retratar a ancestralidade dentro de seu lar

Cantora, atriz e bailarina, Jéssica Ellen faz da arte uma busca por sua própria ancestralidade. Após marcar presença no line up da edição 2019 do Rock in Rio, onde se apresentou no Palco Sunset com Elza Soares, ela lança um vídeo especial que mostra um pouco das raízes de sua arte. “Madá” é uma mistura de clipe com mini-doc e mostra a relação da artista com suas origens, sua comunidade e sua família, em especial sua avó Madalena, inspiração para a música de mesmo nome presente em seu disco de estreia. A canção está disponível em todas as plataformas de música digital e o clipe está disponível no canal do YouTube de Jéssica.

“Essa é uma música eu falo que eu não escrevi, eu fiz download, pois ela veio muito rápido. Ela conta a história da minha avó, que fala muito pouco da vida dela. Escolhi essa canção para esse vídeo pois sempre falamos de ancestralidade e sinto que a base é na família. E temos que homenagear em vida”, diz a artista.

A faixa conta brevemente a jornada da matriarca da família, que veio muito menina da Bahia para o Rio de Janeiro em busca de uma vida melhor e todos os percalços dessa jornada, algo comum em muitos lares de todo o país. A avó e a relação de amor e carinho no lar são as estrelas do vídeo.

“A história da minha avó é algo que quero ressignificar. Jornadas como a dela e da minha mãe são histórias de mulheres negras com muita fibra, mas com muita dor. O que quero é agradecer essa jornada, essas dores, e desejar uma nova possibilidade de vida para minha futura filha”, conta Jéssica.

Cria da favela da Rocinha (RJ), foi na comunidade que ela descobriu e desenvolveu sua paixão pela música. Sempre participando de atividades culturais nas escolas públicas e grupos por onde passou, a artista também se dedicou a outras formas de expressão ao longo de sua adolescência, principalmente à dança e ao teatro.

Em 2011, contemplada com bolsa integral, ingressou na escola e faculdade de dança contemporânea Angel Vianna, onde se formou bailarina. Ainda no mesmo ano, foi aprovada na faculdade de teatro. Na mesma época, surgiu a oportunidade para o seu primeiro trabalho na TV, em Malhação. A partir da sua estreia nas telas, música e dança deram espaço à dramaturgia e, como atriz, estrelou obras como Totalmente Demais (2015), Justiça (2016) e Filhos da Pátria (2017).

Mas a música nunca saiu de seu horizonte. Em 2017, a vontade de lançar um trabalho musical fez com que Jéssica Ellen mergulhasse de cabeça no processo de desenvolvimento do seu primeiro álbum. “Sankofa”, lançado em maio de 2018, é ao mesmo tempo o resgate e a celebração da ancestralidade, reunindo músicas de ritmos brasileiros como o samba, o jongo e o coco, cujas origens se pautam na influência africana.

“Meu disco de estreia foi um modo de resgatar minha história e homenagear a minha família”, revela Jéssica.

O título do álbum vem da palavra africana do povo Akan que dá nome a um pássaro. Seu significado remete à importância de se “voltar ao passado para ressignificar o presente”. E esse é o espírito do disco, feito em um processo de autoconhecimento, no intuito de dar sentido e significado real ao que se é.

Essa é uma das marcas do vídeo que a artista lança. “Madá” está disponível para ser assistido no canal de YouTube de Jéssica.

Confira:

 

Deixe sua opinião

Avatar

Publicação Build Up Media