em , , ,

TopTop CurtiCurti

MITA Festival – Two Door Cinema Club contorna desfalque e faz show conectado à fanbase

MITA Festival - Two Door Cinema Club contorna desfalque e faz show conectado à fanbase | Críticas | Revista Ambrosia
Foto: Alexandre Woloch

Cinco anos se passaram desde a última vez em que o Two Door Cinema Club tocou em terras cariocas, e o cenário não se alterou. Na verdade a fanbase, naturalmente cresceu, e compareceu em massa no Jockey Club do Rio de Janeiro nessa primeira edição do MITA Festival, em que a banda norte-irlandesa era uma das atrações.

O MITA (iniciais de Music Is The Answer) é um festival focado na música, mas ao mesmo tempo conectado a questões do meio ambiente e de inclusão de gêneros e etnias.

Para não dizer que não houve nada de diferente no show do TDCC, além das músicas do álbum “False Alarm”, lançado em 2019, a banda sofreu o desfalque de seu frontman, o vocalista e guitarrista Alex Trimble. A banda havia informado em suas redes sociais no último dia 12 (antes da etapa paulista do MITA) que Alex teve um pequeno problema de saúde e foi desaconselhado a realizar viagens nesse período. Para substituí-lo, Kevin Baird (baixo, backing vocais) e Sam Halliday (guitarra, backing vocais) contaram com David Clements, amigo de longa data dos rapazes, que tocava com eles na Irlanda do Norte.

Justamente por ter bastante intimidade com a banda, Clements desempenhou bem a difícil tarefa de ocupar o lugar daquele que é a imagem do grupo. É até possível dizer que para quem não tem intimidade com o Two Door a mudança não foi sentida logo de cara, já que há até uma certa semelhança física. A performance vocal também é bastante próxima. Os fãs que estavam ali até mais para assistir à banda do que à atração principal da noite (o Gorillaz) não se decepcionaram.

MITA Festival - Two Door Cinema Club contorna desfalque e faz show conectado à fanbase | Críticas | Revista Ambrosia
Foto: Alexandre Woloch

O show se iniciou, tendo o cair de tarde de outono do Rio como moldura, com ‘I Can Talk’, do já clássico álbum “Tourist History”, de 2013. Em seguida entrou o hit ‘Undercover Martyn’, também desse segundo disco, que agitou a plateia. “Tourist” compareceu com nove músicas no setlist.

Do debut, “Beacon”, de 2012 estavam ‘Changing of the Seasons’, ‘Handshake’, ‘Next Year’, ‘Sleep Alone’, ‘Someday’, ‘Sun’. O suingado álbum de 2016, “Gameshow”, apareceu com as dançantes Are We Ready (Wrecked), Bad Decisions, com tempero disco, em que Clements reproduziu fielmente os falsetes de Trimble. Já do último disco só constou uma faixa, ‘Talk’.

O show no Circo Voador em 2017 (saiba como foi aqui) marcou a banda. Tanto que o vocalista disse em certo momento que, não podendo tocar no Circo, o festival era uma boa alternativa. O show se encerrou com o sucesso-mor do Two Door Cinema Club, ‘What You Know’, com a plateia cantarolando até a introdução instrumental.

Com o show do MITA, o Two Door Cinema Club mostrou maturidade como banda ao vivo, sobretudo por conseguir contornar uma ausência tão significante. E proporcionou uma bela e animada festa indie para os fãs cariocas no festival.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

#Lançamento'22 Circuito Ambrosia