em ,

Morre Marie Fredriksson, vocalista do Roxette

Banda sueca foi um dos maiores nomes do pop dos anos 90

Morreu ontem (09/12) aos 61 anos Marie Fredriksson, vocalista da dupla sueca Roxette. Ela enfrentou uma sura batalha contra um câncer no cérebro por 17 anos. O diagnóstico veio em 2002, após a cantora sofrer um desmaio no banho e socorrida pela filha. Em 2009, após um severo tratamento, ela conseguiu voltar a se apresentar, inclusive passando pelo Brasil em 2011, até que em 2016, por recomendação médica, ela encerrou suas atividades.

Nas últimas apresentações, Marie estava visivelmente debilitada, fazendo os shows sentada com o apoio de uma muleta. O tratamento no cérebro fez com que ela perdesse algumas capacidades como ler e fazer contas.

Per Gessle, que completava o Roxette, manifestou seu pesar nas redes sociais. “Não tanto tempo atrás, passávamos dias e noites em meu pequeno apartamento compartilhando sonhos impossíveis. Estou honrado de ter compartilhado seu talento e generosidade. As coisas nunca mais serão as mesmas.”

Formada em 1986, a dupla Roxette foi um dos maiores nomes da música pop entre o final dos anos 80 e primeira metade dos 90. A fase áurea abrange os discos  Look Sharp!, de 1988 (lançado nos Estados Unidos em 1989) e Joyride, de 1991. Hits como ‘Listen to your heart’, ‘It must have been love’, ‘Joyride’, ‘Dressed for success’, ‘Dangerous’, ‘Fading like a flower’ e ‘How do you do!’ fizeram imenso sucesso nas rádios e na MTV sobretudo no Brasil, onde a banda fazia shows com uma certa frequência.

O último disco de inéditas do Roxette foi Good Karma, de 2016. Em outubro de 2018, a dupla lançou uma edição especial de 30 anos da Look Sharp! , que continha um disco bônus de demos e outtakes inéditos.

Deixe sua opinião