Verônica Sabino
em , ,

TopTop

Verônica Sabino homenageia Martinho da Vila

Na companhia do violão de 7 cordas de Luís Filipe de Lima, Verônica faz elegantes releituras de sambas do mestre Martinho

Uma das belas vozes e figuras da MPB, Verônica Sabino (em companhia de Luís Felipe de Lima) lança um álbum com releituras de sambas do mestre Martinho da Vila.

“Meu laiaraiá – ao vivo” já pode ser ouvido nas plataformas de streaming e comprovam a elegância tanto das composições, quanto das interpretações.

Verônica Sabino

Lei Aldir Blanc

O álbum, que foi gravado este ano, em show do projeto Quatro Cantos, com recursos da Lei Aldir Blanc, conta com a participação do percussionista Marcos Suzano, dando mais brilho aos registros.

As nove canções do projeto realmente encantam. As releituras de músicas como “Disritmia”, “Renascer das cinzas” e da faixa-título, trazem nova vida a melodias e letras que já se tornaram clássicas.

— Mesmo já tendo cantado samba, saí da minha zona de conforto, principalmente porque o Martinho é diferente, diferente de tudo; parece fácil, mas é muito sofisticado — conta Verônica.

Eu quero ser exorcizado pela água benta
Desse olhar infindo
Que bom é ser fotografado
Mas pelas retinas desses olhos lindos

Me deixe hipnotizado pra acabar de vez
Com essa disritmia

Projeto Quatro Cantos

O lançamento do “Meu laiaraiá -ao vivo” é parte do projeto Quatro Cantos, que celebra a obra de quatro grandes compositores brasileiros — Martinho da Vila, Chico César, Cartola e Milton Nascimento.

Verônica Sabino, o Duo Gisbranco, o Arranco de Varsóvia e Fábio Rizental foram os escolhidos para as homenagens, em shows gravados especialmente para o Quatro Cantos, entre os dias 25 e 28 de fevereiro de 2021.

O resultado dessa homenagem a um dos sambistas mais cheios de personalidade do Brasil é muito positivo. É extremamente agradável ouvir a voz de Verônica, os belos arranjos e o violão de Luís Felipe, além das perfeitas intervenções de Suzano.

— Foi um grande prazer fazer a live e um prazer ainda maior poder lançar este álbum nas plataformas digitais. Mergulhar nesse repertório é ativar aquele Brasil que nos enche de orgulho e tão bem nos representa. Estamos vivendo um momento triste e desafiador, e compartilhar este trabalho — que fala de samba, de alegria, de carnaval, de amor, de solidariedade — é muito valioso. A música é sempre um poderoso antídoto para tempos hostis — diz Verônica.

“Meu laiaraiá -ao vivo” é mais um dos bons lançamentos nestes tempos de pandemia.

Viva a música!

As canções de “Meu laiaraiá – ao vivo” — Verônica Sabino & Luís Filipe de Lima

1. Meu laiaraiá (Martinho da Vila)

2. Quero quero (Martinho da Vila)

3. Disritmia (Martinho da Vila)

4. Ex-amor (Martinho da Vila)

5. Madrugada, Carnaval e Chuva (Martinho da Vila)

6. Renascer das Cinzas (Martinho da Vila)

7. Quem é do mar não enjoa (Martinho da Vila)

8. Samba da cabrocha bamba (Martinho da Vila)

9. Madalena do Jucu (Associação das Bandas do Congo da Serra/ com adaptação Martinho da Vila).

Verônica Sabino homenageia Martinho da Vila
4 / 5 Crítico
Avaliação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um comentário