em , ,

CCBBRJ realiza grande mostra do diretor Jean Renoir a partir de 1º de março

Jean Renoir (1894-1979) é um dos cineastas mais inventivos e influentes da história do cinema. Nome fundamental para o que se veio chamar de Cinema Moderno, Renoir usava o plano-sequência como poucos, conseguia extrair de seus atores raras interpretações, imprimia uma sensibilidade e uma “honestidade” muito particular. O genial diretor (e também ator e roteirista) tinha como fãs nomes de peso do cinema mundial como Orson Welles, François Truffaut, Martin Scorsese, André Bazin e Glauber Rocha. Charles Chaplin chegou a dizer: “O maior cineasta do mundo? Pra mim, ele é francês e se chama Jean Renoir“.

O cineasta ganha no Centro Cultural Banco do Brasil uma mais do que justa mostra com sua filmografia, a mais completa já realizada no país. A retrospectiva A vida lá fora: o cinema de Jean Renoir se dedica a esta obra extensa e variada, que estabeleceu um leque amplo de inovações estético-narrativas.

Serão apresentados 27 longas, um média e dois curtas-metragens dirigidos por Renoir, além do documentário Jean Renoir, o Patrão, de Jacques Rivette. A mostra ocupa o cinema do CCBB Rio de Janeiro durante o mês de março, logo após ser apresentada nos CCBBs São Paulo (1 a 27 de fevereiro) e Brasília (15 de fevereiro a 13 de março).

Além da edição de um catálogo com informações sobre os filmes programados, textos inéditos, traduções e entrevistas, a mostra promoverá um debate e um curso. O debate será no dia 16 de março, às 19h30, com o Prof. Dr. João Luiz Vieira, o pesquisador Hernani Heffner e o curador Julio Bezerra, que conversarão sobre a vida e a obra do diretor, abordando as diversas fases de sua carreira, destacando as principais características do estilo do mestre francês, alguns de seus filmes mais importantes e sua enorme influência no cinema moderno. Confira a programação abaixo:

Programação:

Quarta, 1/03

15h – “A filha da água”. “La fille de l’eau”. De Jean Renoir (França, 1925). Com Catherine Hessling, Pierre Lestringuez, Pierre Champagne. Mudo. 12 anos.

Sinopse: O filme se passa no final do século XIX. Virginia Rosaert é uma jovem que perde o violento pai em um acidente e passa a depender de seus próprios recursos para sobreviver.

17h – “A mulher desejada”. “The Woman on the Beach”. De Jean Renoir (EUA, 1947). Com Joan Bennett, Robert Ryan, Charles Bickford. 12 anos

Sinopse: Um jovem tenente da Polícia Montada, que está noivo de uma moça local, conhece uma mulher muito bela e misteriosa numa das suas rondas pela praia, com a qual se envolve sentimentalmente. Mas ela é casada com um famoso pintor que, por ter ficado cego, está revoltado com tudo e com todos.

19h – “Amor à terra”. “The Southerner”. De Jean Renoir (EUA, 1945). Com Zachary Scott, Betty Field, J. Carrol Naish. 12 anos

Sinopse: Sam Tucker, um pobre coletor de algodão, busca um futuro melhor para sua família e decide cultivar seu próprio pedaço de terra, mas, para isso, terá de enfrentar as condições adversas da natureza.

Quinta, 2/03

15h – Madame Bovary”. De Jean Renoir (França, 1934). Com Max Dearly, Valentine Tessier, Pierre Renoir. 12 anos.

Sinopse: França, século XIX. Emma Bovary, filha de um camponês, casa-se com um médico da região, visando ascender socialmente. Ávida leitora de romances sentimentais, ela se frustra com a mediocridade do marido e com a monotonia da vida conjugal e da sociedade interiorana. Como fuga dessa realidade, passa a ter vários amantes.

17h – O testamento do Dr. Cordelier”. Le testament du Docteur Cordelier. De Jean Renoir (França, 1959). Com Jean-Louis Barrault, Teddy Bilis, Sylviane Margollé. 12 anos.

Sinopse: Num subúrbio da zona oeste de Paris, mora o psiquiatra Dr. Cordelier, referência mundial em pesquisas sobre o comportamento humano. Uma de suas experiências é vista com desconfiança pelo seus colegas de trabalho, mas o personagem resolve levar suas pesquisas as últimas consequências, espalhando pavor e mistério por toda Paris.

19h – “A Marselhesa”. “La Marseillaise”. De Jean Renoir (França, 1938). Com Jaque Catelain, Léon Larive, Lise Delamare. 12 anos.

Sinopse: Épico sobre a Revolução Francesa, o filme traz a perspectiva para os olhos de dois personagens que ajudaram os revolucionários na Queda da Bastilha, mostrando o contraste da miséria absoluta do povo com os caprichos opulentos de Luis XVI.

Sexta, 3/03

15h – “Jean Renoir, o Patrão” – 1ª parte – Em busca do relativo. “Jean Renoir, le Patron”. De Jacques Rivette (França, 1967). 12 anos.

Sinopse: Documentário em três partes realizado para a série Cineastas do nosso tempo. A primeira parte evoca a carreira de Jean Renoir e em particular Nana e A besta humana.

17h – Le déjeuner sur l’herbe”. De Jean Renoir (França, 1959). Com Paul Meurisse, Charles Blavette e André Brunot. 12 anos.

Sinopse: Etienne Alexis, um candidato a presidente da nova Europa, é um cientista que promove a inseminação artificial como melhoria social e terapia para eliminar a paixão. Em um acéptico piquenique, contudo, ele é distraído pelos charmes de uma bela jovem do interior.

19h – “Boudu, salvo das águas”. “Boudu sauvé des eaux”. De Jean Renoir (França, 1932). Com Michel Simon, Jean Gehret e Le Pelletier. 12 anos.

Sinopse: Boudu é um vagabundo de rua que se joga no rio Sena mas acaba resgatado por Lestingois, um cavalheiro que lhe dá abrigo. Mesmo com tal hospitalidade, Boudu continua preguiçoso, sujo e sendo um mau hóspede.

Sábado, 4/03

15h – “Jean Renoir, o Patrão” – 2ª parte – Michel Simon, a direção dos atores. “Jean Renoir, le Patron”. De Jacques Rivette (França, 1967). 12 anos.

Sinopse: Documentário em três partes realizado para a série Cineastas do nosso tempo. Nesta segunda parte, Renoir almoça com o ator Michel Simon.

17h – A cadela”. “La chienne”. De Jean Renoir (França, 1931). Com Michel Simon, Georges Flamant, Janie Marèse. 12 anos.

Sinopse: Infeliz no casamento, Maurice Legrand se apaixona pela jovem Lulu, uma prostituta, de quem se torna amante. Porém, ela só aceita o relacionamento pelo dinheiro de Maurice, já que está envolvida com o gigolô Dede.

19h – “French Cancan”. De Jean Renoir (França, 1955). Com Jean Gabin, Françoise Arnoul, María Félix. 12 anos.

Sinopse: Em 1890, o Cancan ainda está na moda, mas nem os shows da dançarina Lola ajudam o Café Le Paravent Chinois a sair da decadência. Henri, amante de Lola e dono do Café, conhece Nini, uma lavadeira com o dom natural da dança, e tem a idéia de popularizar a dança no bairro boêmio de Montmarte.

Domingo, 5/03

15h – “Jean Renoir, o Patrão” – 3ª parte – A regra e a exceção. “Jean Renoir, le Patron”. De Jacques Rivette (França, 1967). 12 anos.

Sinopse: Documentário em três partes realizado para a série Cineastas do nosso tempo. Nesta terceira parte, Renoir comenta sequências e analisa personagens de A regra do jogo e A marselhesa.

17h – Tire-au-flanc”. De Jean Renoir (França, 1928). Com Georges Pomiès, Michel Simon, Félix Oudart. Mudo. 12 anos.

Sinopse: Jean é um poeta e a iminência de sua incorporação no exército não o trás nenhuma graça. A coisa se torna ainda mais desagradável quando descobre que seu empregado Joseph irá servir junto com ele.

19h – “Um dia no campo”.Une partie de campagne”. De Jean Renoir (França, 1936). Com Sylvia Bataille, Jane Marken, Georges D’Arnoux. 12 anos.

Sinopse: No final do século XIX os membros de uma família burguesa vão passar um dia no campo. Lá, Henriette e sua mãe decidem ficar mais em contato com a natureza e optam por fazer um piquenique às margens do Rio Marne. Elas avistam dois jovens moradores camponeses e logo vislumbram a possibilidade de uma aventura com eles.

Segunda, 6/03

15h – “Jean Renoir, o Patrão” – 1ª parte – Em busca do relativo + 2ª parte – Michel Simon, a direção dos atores.Jean Renoir, le Patron”. De Jacques Rivette (França, 1967). 12 anos.

17h30 – A filha da água”. “La fille de l’eau”. De Jean Renoir (França, 1925). Com Catherine Hessling, Pierre Lestringuez, Pierre Champagne. Mudo. 12 anos.

19h30 – “O submundo”. “Les bas-fonds”. De Jean Renoir (França, 1936). Com Camille Bert, Jany Holt, Jean Gabin. 12 anos.

Sinopse: Em uma pensão barata de Paris vivem os personagens centrais – um ladrão e um ex-nobre, agora reduzido à pobreza por seu vício no jogo. Em um mundo de miséria, corrupção e charlatanice, o filme consegue mostrar a possibilidade do amor, da compaixão e da poesia.

Quarta, 8/03

14h – O testamento do Dr. Cordelier”. “Le testament du Docteur Cordelier”. De Jean Renoir (França, 1959). Com Jean-Louis Barrault, Teddy Bilis, Sylviane Margollé. 12 anos.

16h – Nana”. De Jean Renoir (França, 1926). Com Catherine Hessling, Pierre Lestringuez, Jacqueline Forzane. Mudo. 12 anos.

Sinopse: Durante o Segundo Império, na França, Nana, estrela de teatro, atua em peças leves, vistas sobretudo pelos burgueses parisienses. Ela se torna uma cortesã rica e adorada graças ao sucesso com os homens e então decide sair do ramo artístico e dedicar-se ao seu próprio entretenimento.

19h – “A grande ilusão”. “La grande illusion”. De Jean Renoir (França, 1937). Com Jean Gabin, Dita Parlo, Pierre Fresnay. 12 anos.

Sinopse: Durante a Primeira Guerra Mundial, dois soldados franceses são capturados pelas tropas alemãs. O Capitão Boeldieu é um aristocrata enquanto o Tenente Marechal era um simples mecânico. Eles tentam fugir diversas vezes e acabam sendo separados. Boeldieu acaba fazendo amizade com um oficial alemão chamado Van Rauffenstein, também de origem aristocrática.

Quinta, 9/03

14h – Tire-au-flanc”. De Jean Renoir (França, 1928). Com Georges Pomiès, Michel Simon, Félix Oudart. Mudo. 12 anos.

16h – “A Marselhesa”. “La Marseillaise”. De Jean Renoir (França, 1938). Com Jaque Catelain, Léon Larive, Lise Delamare. 12 anos.

19h – “Esta terra à minha”. “This Land is Mine”. De Jean Renoir (EUA, 1943). Com Charles Laughton, Maureen O’Hara, George Sanders. 12 anos.

Sinopse: Em meio à ocupação nazista na França, o tímido e inseguro professor Albert Lory muda seu comportamento pouco a pouco ao se ver envolvido com ações da resistência francesa e ser acusado injustamente por um assassinato.

Sexta, 10/03

15h30 – La vie esta à nous”. De Jean Renoir (França, 1936). Com Jean Dasté, Jacques B. Brunius, Simone Guisin. 12 anos.

Sinopse: Rodado sob a iniciativa do Partido Comunista francês em meio à campanha eleitoral da Frete Popular, o filme reúne passagens documentais e cenas ficcionais com a intenção de nos mostrar a realidade do cotidiano da classe trabalhadora e da burguesia.

17h – Madame Bovary”. De Jean Renoir (França, 1934). Com Max Dearly, Valentine Tessier, Pierre Renoir. 12 anos.

19h – “Toni”. De Jean Renoir (França, 1935). Com Charles Blavette, Andrex, Celia Montalván. 12 anos.

Sinopse: Na década de 1920, a região de Provence é um atrai grande número de imigrantes à procura de trabalho nas pedreiras ou na agricultura. Muitos se misturam com os habitantes locais e se estabelecem permanentemente. É o caso de Toni, um italiano que se mudou com Marie, uma francesa.

Sábado, 11/03

15h – “Esta terra à minha”. “This Land is Mine”. De Jean Renoir (EUA, 1943). Com Charles Laughton, Maureen O’Hara, George Sanders. 12 anos.

17h30 – “A grande ilusão”. “La grande illusion”. De Jean Renoir (França, 1937). Com Jean Gabin, Dita Parlo, Pierre Fresnay. 12 anos.

20h – “Um dia no campo”.Une partie de campagne”. De Jean Renoir (França, 1936). Com Sylvia Bataille, Jane Marken, Georges D’Arnoux. 12 anos.

Domingo, 12/03

14h30 –  “French Cancan”. De Jean Renoir (França, 1955). Com Jean Gabin, Françoise Arnoul, María Félix. 12 anos.

16h30 – “O submundo”. “Les bas-fonds”. De Jean Renoir (França, 1936). Com Camille Bert, Jany Holt, Jean Gabin. 12 anos.

18h30 – A cadela”. “La chienne”. De Jean Renoir (França, 1931). Com Michel Simon, Georges Flamant, Janie Marèse. 12 anos.

Segunda, 13/03

15h – Curso “A vida lá fora: O cinema de Jean Renoir” – Aula 1

17h – “Boudu, salvo das águas”. “Boudu sauvé des eaux”. De Jean Renoir (França, 1932). Com Michel Simon, Jean Gehret e Le Pelletier. 12 anos.

19h – “Toni”. De Jean Renoir (França, 1935). Com Charles Blavette, Andrex, Celia Montalván. 12 anos.

Quarta, 15/03

15h – Curso “A vida lá fora: O cinema de Jean Renoir” – Aula 2

17h – “A mulher desejada”. “The Woman on the Beach”. De Jean Renoir (EUA, 1947). Com Joan Bennett, Robert Ryan, Charles Bickford. 12 anos.

19h – “Estranhas coisas de Paris”. “Elena et les hommes”. De Jean Renoir (França, 1956). Com Ingrid Bergman, Jean Marais, Mel Ferrer. 12 anos.

Sinopse: Elena, a jovem viúva de um príncipe polaco, decide viver em Paris, onde julga obter maior sucesso junto aos homens. Ela se torna a musa do general Rollan, o ministro de guerra, que será traído por um golpe de estado tramado por seus oficiais. Mas um deles, o Conde de Chevincourt,  está igualmente apaixonado por Elena.

Quinta, 16/03

14h – “Jean Renoir, o Patrão” – 1ª parte – Em busca do relativo + 2ª parte – Michel Simon, a direção dos atores. “Jean Renoir, le Patron”. De Jacques Rivette (França, 1967). 12 anos.

17h – A regra do jogo”. “La règle du jeu”. De Jean Renoir (França, 1939). Com Anne Mayen, Claire Gérard, Gaston Modot. 12 anos.

Sinopse: O aviador André Jurieux bateu recordes de vôo, mas só consegue pensar em sua amada Christine, mulher do aristocrata Robert de la Cheyniest. Jurieux consegue com um amigo um convite para a casa de campo em que o casal está dando uma grande festa. Os sorrisos cordiais dos convidados escondem, porém, segredos e sentimentos.

19h30 – Debate sobre a obra de Jean Renoir com o Prof Dr. João Luiz Vieira, o pesquisador Hernani Heffner e o curador Julio Bezerra.

Sexta, 17/03

15h – Curso “A vida lá fora: O cinema de Jean Renoir” – Aula 3

17h – “A mulher desejada”. “The Woman on the Beach”. De Jean Renoir (EUA, 1947). Com Joan Bennett, Robert Ryan, Charles Bickford. 12 anos

19h – “Estranhas coisas de Paris”. “Elena et les hommes”. De Jean Renoir (França, 1956). Com Ingrid Bergman, Jean Marais, Mel Ferrer. 12 anos.

Sábado, 18/03

15h – “Segredos de alcova”. “The Diary of a Chambermaid”. De Jean Renoir (EUA, 1946). Com Burgess Meredith, Francis Lederer, Judith Anderson, Paulette Goddard. 12 anos.

Sinopse: Celestine é contratada como camareira e decide usar sua beleza para seduzir um homem rico e subir na vida. Mas quando o motorista se apaixona por ela, seus planos podem vir por água abaixo.

17h – O crime do monsieur Lange”. “Le crime de monsieur Lange”. De Jean Renoir (França, 1936). Com René Lefèvre, Florelle, Jules Berry. 12 anos.

Sinopse: Os funcionários de uma editora assumem o comando do negócio quando o dono foge com todo o dinheiro da empresa.

19h – “O cabo ardiloso”. “Le caporal épinglé”. De Jean Renoir (França, 1962). Com Jean-Pierre Cassel, Claude Brasseur, O.E. Hasse. 12 anos.

Sinopse: Três franceses planejam uma fuga de um campo de prisioneiros, em plena Segunda Grande Guerra. Enquanto a Alemanha de Hitler ocupa Paris, eles relembram histórias e planejam um futuro repleto de sonhos e esperança.

Domingo, 19/03

14h – Charleston”. “Sur un air de Charleston”. De Jean Renoir (França, 1927). Com Catherine Hessling, Johnny Hudgins, Pierre Braunberger. Mudo. 12 anos.

Sinopse: Em 2028, um explorador africano viaja para uma Paris pós-apocalíptica onde encontra uma garota branca nativa que lhe ensina o Charleston. Ele acredita que ela seja uma selvagem e que a dança é um ritual que ela executa antes de comê-lo, literalmente.

+ “A pequena vendedora de fósforos”. “La petite marchande d’allumettes”. De Jean Renoir (França, 1928). Com Catherine Hessling, Johnny Hudgins, Pierre Braunberger Amy Wells, Catherine Hessling , Eric Barclay. Mudo. 12 anos.

Sinopse: Uma adaptação livre e poética do famoso conto de Hans Christian Andersen, no qual uma pequena garotinha, no período de fim de ano numa cidade assolada por intenso nevoeiro, tem que lutar contra a neve, a fome, a miséria e a indiferença das pessoas ao seu redor para conseguir sobreviver.

+ “On purge bebe”. De Jean Renoir (França, 1929). Com Marguerite Pierry, Jacques Louvigny, Michel Simon. 12 anos.

Sinopse: O Sr. Follavoine, inventor do primeiro urinol de porcelana inquebrável, convida um funcionário público o Sr. Chouilloux, para almoçar em sua casa com o objetivo de assinar um contrato de venda para o exército francês. Ao mesmo tempo, sua esposa, Julie Follavoine, tenta em vão dar um purgante ao filho, Toto.

16h – “Segredos de alcova”. “The Diary of a Chambermaid”. De Jean Renoir (EUA, 1946). Com Burgess Meredith, Francis Lederer, Judith Anderson, Paulette Goddard. 12 anos.

18h – A regra do jogo”. “La règle du jeu”. De Jean Renoir (França, 1939). Com Anne Mayen, Claire Gérard, Gaston Modot. 12 anos.

Segunda, 20/03

15h – “Jean Renoir, o Patrão” – 1ª parte – Em busca do relativo. “Jean Renoir, le Patron”. De Jacques Rivette (França, 1967). 12 anos.

17h – La vie esta à nous”. De Jean Renoir (França, 1936). Com Jean Dasté, Jacques B. Brunius, Simone Guisin. 12 anos.

19h – “O cabo ardiloso”. “Le caporal épinglé”. De Jean Renoir (França, 1962). Com Jean-Pierre Cassel, Claude Brasseur, O.E. Hasse. 12 anos.

Quarta, 22/03

15h – “Jean Renoir, o Patrão” – 2ª parte – Michel Simon, a direção dos atores. “Jean Renoir, le Patron”. De Jacques Rivette (França, 1967). 12 anos.

17h – O segredo do pântano”. “Swamp Water”. De Jean Renoir (EUA, 1941). Com Walter Brennan, Walter Huston, Anne Baxte. 12 anos.

Sinopse: Tom Keefer é um homem erroneamente condenado por assassinato e sentenciado à morte na forca. Ele fugiu da prisão e está escondido no Pântano Okefenokee, na Geórgia. Keefer dedica sua vida à busca do verdadeiro assassino para poder limpar seu nome.

19h – “Estranhas coisas de Paris”. “Elena et les hommes”. De Jean Renoir (França, 1956). Com Ingrid Bergman, Jean Marais, Mel Ferrer. 12 anos.

Quinta, 23/03

15h – “Jean Renoir, o Patrão” – 3ª parte – A regra e a exceção. Jean Renoir, le Patron”. De Jacques Rivette (França, 1967). 12 anos.

17h – “Amor à terra”. “The Southerner”. De Jean Renoir (EUA, 1945). Com Zachary Scott, Betty Field, J. Carrol Naish. 12 anos. Sessão closed caption + audiodescrição.

19h – “O rio sagrado”. “The River”. De Jean Renoir (EUA, 1951). Com Patricia Walters, Nora Swinburne, Esmond Knight. 12 anos.

Sinopse: Três adolescentes moram próximas de um grande rio na Índia. Harriet é a mais velha de uma família de ingleses. Valerie é a única filha de um industrial norte-americano. Melanie tem um pai americano e uma mãe indiana. Um dia, um homem aparece e se torna o primeiro amor das três.

Sexta, 24/03

15h – O testamento do Dr. Cordelier”. “Le testament du Docteur Cordelier”. De Jean Renoir (França, 1959). Com Jean-Louis Barrault, Teddy Bilis, Sylviane Margollé. 12 anos.

17h – 14h – Charleston”. “Sur un air de Charleston”. De Jean Renoir (França, 1927). Com Catherine Hessling, Johnny Hudgins, Pierre Braunberger. Mudo. 12 anos.

+ “A pequena vendedora de fósforos”. “La petite marchande d’allumettes”. De Jean Renoir (França, 1928). Com Catherine Hessling, Johnny Hudgins, Pierre Braunberger Amy Wells, Catherine Hessling , Eric Barclay. Mudo. 12 anos.

+ “On purge bebe”. De Jean Renoir (França, 1929). Com Marguerite Pierry, Jacques Louvigny, Michel Simon. 12 anos.

19h – “A carruagem de ouro”. “Le carrosse d’or”. De Jean Renoir (França/Itália, 1952). Com Anna Magnani, Duncan Lamont, Paul Campbell. 12 anos.

Sinopse: No Século 18, a atriz Camilla viaja pela América do Sul como a estrela principal de uma companhia de teatro e se envolve com três homens.

Sábado, 25/03

15h – “Jean Renoir, o Patrão” – 1ª parte – Em busca do relativo + 2ª parte – Michel Simon, a direção dos atores. “Jean Renoir, le Patron”. De Jacques Rivette (França, 1967). 12 anos.

17h30 – “O cabo ardiloso”. “Le caporal épinglé”. De Jean Renoir (França, 1962). Com Jean-Pierre Cassel, Claude Brasseur, O.E. Hasse. 12 anos.

20h – O crime do monsieur Lange”. “Le crime de monsieur Lange”. De Jean Renoir (França, 1936). Com René Lefèvre, Florelle, Jules Berry. 12 anos.

Domingo, 26/03

14h30 – Le déjeuner sur l’herbe”. De Jean Renoir (França, 1959). Com Paul Meurisse, Charles Blavette e André Brunot. 12 anos.

16h30 – A besta humana”. “La bête humaine”. De Jean Renoir (França, 1938). Com Jean Gabin, Simone Simon, André Tavernier. 12 anos.

Sinopse: Séverine, a mulher do chefe de uma estação ferroviária, se relaciona com um maquinista para que ele esconda seu envolvimento em um assassinato.

18h30 – “O rio sagrado”. “The River”. De Jean Renoir (EUA, 1951). Com Patricia Walters, Nora Swinburne, Esmond Knight. 12 anos.

Segunda, 27/03

13h30 – “Amor à terra”. “The Southerner”. De Jean Renoir (EUA, 1945). Com Zachary Scott, Betty Field, J. Carrol Naish. 12 anos.

15h30 – Nana”. De Jean Renoir (França, 1926). Com Catherine Hessling, Pierre Lestringuez, Jacqueline Forzane. Mudo. 12 anos.

18h30 – “A Marselhesa”. “La Marseillaise”. De Jean Renoir (França, 1938). Com Jaque Catelain, Léon Larive, Lise Delamare. 12 anos.

Serviço:

Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro

1º a 27 de março de 2017

Rua Primeiro de Março 66, Centro, RJ

tel (21) 3808-2020

Sala de Cinema 1 (98 lugares) – Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia).

www.twitter.com/ccbb_rjwww.facebook.com.br/ccbb.rj

Deixe sua opinião

“Vingadores: Guerras Infinitas” ganha vídeo promocional

Parque Star Wars Land já tem data de inauguração