em ,

Quadrinho autobiográfico fala sobre um tema sensível presente na vida de muitas mulheres no Brasil

Em ti me vejo, das autoras Regiane Braz e Marília Marz, é uma história sobre cabelos, entretanto mais que isso. Também é uma narrativa sobre dor, encorajamento e busca. Ela traz discussões sobre racismo e embranquecimento dos corpos negros, que atinge a autoestima, saúde emocional e a construção da identidade da mulher negra.

As autoras convidam o leitor a vestir a pele da protagonista Jaha, que cresceu acreditando ter nascido com falta de sorte quando se tratava de seus cabelos. Por conta disso, ela seguia as tendências da moda imposta pela sociedade, alisando o cabelo. Um dia, cansada de enganar a si mesma e de fugir de suas origens, a jovem toma uma decisão que mudará totalmente a sua vida.

A publicação se dá no novo formato em que a Conrad está apostando, o de capítulos sendo lançados em formato digital enquanto as autoras trabalham na história, com periodicidade mensal. No primeiro, Sorte (14 pp, R$ 3,90) o leitor conhece Jaha e, no segundo, Tortura (14 pp, R$ 4,90) conhece um pouco mais sobre as memórias da garota.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *