em , , ,

CurtiCurti TopTop

Rumiko Takahashi, autora de InuYasha e Ranma 1/2, receberá honraria no Japão

Rumiko Takahashi, autora de InuYasha e Ranma 1/2, receberá honraria no Japão | Premiações | Revista Ambrosia

A mangaká Rumiko Takahashi irá ser homenageada com uma medalha de honra com laço roxo do Japão por “grandes conquistas nas ciências, esportes e/ou artes e cultura”.

Criadora de muitos mangás, incluindo Turma do Barulho (título que Urusei Yatsura ganhou no Brasil), Ranma ½, InuYasha e Maison Ikkoku – todos enormes sucessos internacionais, Rumiko iniciou sua carreira em 1978 com ‘Those Selfish Aliens’, que a fez ganhar o prêmio de “New Artist Award”.

Rumiko Takahashi, autora de InuYasha e Ranma 1/2, receberá honraria no Japão | Premiações | Revista Ambrosia

“Rumiko-sensei, como é chamada pelos fãs mais íntimos com seus trabalhos, apesar de ser a dona de uma fortuna de alguns milhões, é uma pessoa simples que nunca deixa de exibir um sorriso. Sua especialidade em tramas é fazer a boa e velha comédia romântica, também por satirizar o cotidiano da vida japonesa. Ingredientes que fazem fãs até hoje, nas telas do mundo todo.”

Ranma ½, um dos maiores sucessos da autora, foi lançado em 1987, e apesar da “idade”, é um anime que ainda conquista público, sem “envelhecer” no gosto dos fãs. Nove meses depois de finalizar este, veio InuYasha, que não fica de fora desse balaio: só ele já falou mais de 9 línguas em diversos países.

Rumiko foi chamada pela Sunrise, a produtora de InuYasha e Gundam Wing, para supervisionar o projeto do anime para a televisão, para ter a segurança de que sua obra seria adaptada com cuidado.

Takahashi também já foi premiada com o Inkpot Award, honraria criada pela San Diego Comic-Con destinada aos melhores profissionais de HQ, sci-fi, animação etc. A ComicsAlliance a listou como 1 das 12 mulheres cartunistas que merecem reconhecimento de conquistas por toda a vida. Em julho de 2018, ela ganhou o Eisner Award, e em janeiro de 2019 o Grande Prêmio do Festival d’Angoulême. A mangaká também venceu 2 vezes o Prêmio de Mangá Shogakukan; em 1981 com o clássico Urusei Yatsura e em 2002 com InuYasha!

É brinquedo não! Seu último trabalho é MAO, publicado no Japão pela Shonen Sunday. Rumiko Takahashi ainda atua como produtora na série Yashahime, spin-off de Inuyasha!

Informações via Wikipedia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

#Lançamento'22 Circuito Ambrosia